Literatura portuguesa i

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 86 (21258 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIDADE 1


Senhora, tanto eu queria,
se a Deus e a vós aprouvesse,
que onde estais sempre estivesse,
senhora, então me daria
por tão radiante
que daí em diante
nem por rei ou infante
eu me trocaria.
(Cantiga de amor de refrão, D. Dinis)


APRESENTAÇÃO DA UNIDADE
Nesta primeira unidade, estudaremos o Trovadorismo, desde a sua original manifestação provençal até a suapenetração pela Península Ibérica nos primórdios da literatura portuguesa. Será apresentado a você um breve panorama do contexto histórico na Europa durante a Idade Média, o ambiente palaciano na Provença, lugar onde a arte trovadoresca surgiu, e a influência que as cantigas do sul da França tiveram no cancioneiro peninsular. Pertencentes às cortes, ou nestas inseridos através de sua arte, lestrouvères
(os trovadores) compunham suas cantigas nos modelos demandados pelos fin amors, a cantar o seu desejo por uma senhora, geralmente casada, ou a satirizar e fazer rir seus ouvintes, em recitais acompanhados aos sons de
alaúdes. Em Portugal, o contato popular com essa arte acabou por desenvolver novas formas de manifestação no ambiente cultural do país.
Nessa perspectiva, maisadiante, você tomará contato com as cantigas de amor e de amigo, bem como com as cantigas de escárnio e maldizer, aprendendo a identificá-las e diferenciá-las.


1.1 CONTEXTO HISTÓRICO
Provavelmente o nosso leitor já tenha conhecimento dos romances medievais da volta da lenda do rei Arthur e de seus cavaleiros da Távola Redonda, da paixão do fiel Lancelot pela rainha Guinevere, esposa deArthur, ou ainda do trágico amor narrado na lenda de Tristão e Isolda. O cinema, especialmente, tem retornado de tempos em tempos a esses
famosos temas medievais, sendo-nos possível neles verificar a forte presença da instituição feudal da cavalaria, que se desenvolveu ao longo da Idade Média, desde as primeiras Cruzadas, iniciadas no século IX – quando praticamente não havia muitas regras a seremseguidas, o que facilitava a ação inconsequente do banditismo de alguns – até o estabelecimento dos códigos regentes das relações dos cavaleiros para com o Deus cristão, que deviam temer, e de fiel lealdade e proteção para com o seu rei e senhores. Esse tipo de organização militar inspirou e estimulou o surgimento dos “cantares épicos, como os Niebelungos, as sagas nórdicas e as canções de gestafrancesas [...], das quais a mais célebre é a Chanson de Roland”.
Por toda a Península Ibérica, a influência dessa tendência literária de sentimento hierárquico e bárbaro iria ser muito apreciada. Com as batalhas empreendidas em meados do século XII pelo conde D. Afonso Henriques, em luta contra o reino asturo leonês pela independência da nascente nação portuguesa, o noroeste da Penínsulairia ter também sua motivação épica. Até fins do século seguinte, o esforço de expansão territorial e políticos dos portugueses seria determinante para a expulsão dos mouros das áreas ao sul do originário Condado Portucalense, até então sob domínio mulçumano desde a invasão árabe na Península no século VIII. Uma parte desses acontecimentos iria ser retratada na gesta dedicada a D. Afonso Henriques naCrônica de 1344, do Conde D. Pedro. A língua portuguesa ainda não existia como hoje a conhecemos, sendo então falada no território o galego-português:
Apesar da separação política, Portugal continuou a manter
laços econômicos, sociais e culturais com o resto do noroeste
da Península Ibérica, especialmente com a Galiza, com a qual formava uma entidade linguística distinta: a língua entãofalada ao norte do Douro era o chamado “galegoportuguês”,ou “galaico-português”.
O cancioneiro português, que veremos adiante, confirma a consistente influência do galego-português na nascente vida cultural da jovem nação lusa, tendo mesmo estendido o seu prestígio à distante Provença,berço do trovadorismo, como atesta a sua presença em “um descort em cinco línguas (provençal, italiano,...
tracking img