lisboa

Páginas: 7 (1696 palavras) Publicado: 6 de junho de 2014
LISBOA
http://www.zonu.com/maps/portugal_mapas/City_Lisbon_Map_Portugal_2.jpg
http://3.bp.blogspot.com/-yQu2a64cx_E/Tyn8vQmeZlI/AAAAAAAADcw/NBb2qH6Q90o/s1600/icon-map-of-lisbon-portugal.gif
DADOS TECNICOS
Cidade capital de Portugal, localizada na margem direita do rio Tejo, junto à foz, a 38º 42´30,5´´da latitude N e a 9º de longitude O de Greewich e à altitude entre 6 m e 226 m(Monsanto).
O concelho de Lisboa abrange a área de 84 Km2 e a sua população residente total é de 545 254 habitantes (2011, Censos). A zona da Grande Lisboa ocupa cerca de 2.750 Km2 e têm 2,1 milhões de pessoas, que diariamente se deslocam para a capital, constituindo uma população flutuante que lhe imprime uma dinâmica cosmopolita.
ORIGEM
Lisboa é uma cidade de vales e colinas abertas sobre o rio. Oclima ameno, a abundância de fauna e flora foi determinante para a ocupação da área por povos primitivos. A partir da colina, onde foi erguido o Castelo, a cidade foi crescendo. Fenícios, Gregos e Cartaginenses fundaram colónias. Os romanos consolidaram a sua vocação portuária e piscatória; Construíram numerosos edifícios, fóruns, templos, termas, palácios, vilas e um teatro.
Com as ocupaçõesbárbaras dos Alanos, Suevos e Visigodos a cidade entrou em declínio. O florescimento surgiu com a ocupação muçulmana (719-1147). A Lisboa mourisca desenvolveu, foram construídos novos bairros, dentro e extramuros, num tecido espontâneo e anárquico de ruas sinuosas e estreitas.
Conquistada pelo rei D. Afonso Henriques (1147) a cidade conheceu um grande florescimento com a fixação da corte, reforçando asua função urbana como capital do reino (1256). O aumento demográfico originou o aparecimento de grandes núcleos habitacionais em zonas não amuralhadas tornando imprescindível a construção de uma nova muralha (Fernandina). Na cidade medieval destacavam-se as edificações religiosas e os conventos e a Praça do Rossio, eram os espaços públicos mais importantes.
No século XVI as Grandes navegações eos descobrimentos portugueses transformaram Lisboa no centro mercantil da Europa. Na zona ribeira ergueram-se os edifícios ligados ao trato comercial das especiarias. A cidade cresce junto ao rio, a Casa dos Bicos, dos Albuquerques, heróis na Índia; e nos arredores ao Oriente: o Convento da Madre de Deus; ao Ocidente: o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém. Monumentos exemplares do estiloManuelino, inspirado em motivos marinhos, celebrizando a conquista dos Mares. Também foi construído nesta época o Bairro Alto, pensado para marinheiros e artesãos, foi mais tarde, notabilizado com a instalação de muitos palácios. Tradicionalmente boémio é, atualmente, uma área de encontros, bares e musica ao vivo.
Já no século XVII a capital de D. João V, custeada pelo ouro do Brasil, seenriqueceu. Novos conventos, igrejas e numerosos palácios surgiram pela cidade, mas a grande obra joanina foi o Aqueduto das Águas Livres, que permitiu assegurar o abastecimento regular de água através dos numerosos chafarizes então construídos.
O devastador terramoto de 1755 atingiu as áreas mais povoadas da cidade; levando a reconstrução da Baixa pombalina sobe o espírito iluminista. Obedecendo a umplano urbanístico de quadrícula aberta, a cidade viu consagrar as duas grandes praças públicas do Rossio e do Comércio.
No século XIX o liberalismo introduz uma nova vivência social; onde proliferavam as lojas, tabacarias, cafés, livrarias, clubes e teatros. O desenvolvimento industrial e comercial determinou o crescimento da cidade, traçado para o interior a partir da abertura da Avenida daLiberdade (1879), distanciando do Rio Tejo.
O Estado Novo (1926-1974) expandiu e embelezou a cidade, à custa do resto do país, segundo moldes nacionalistas e monumentais. Surgiram novas urbanizações e edifícios públicos, na periferia da cidade, apareceram bairros sociais. Inauguração da ponte sobre o Tejo possibilitou uma rápida ligação entre as duas margens do rio.
Os anos que se seguiram à...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Lisboa
  • Lisboa
  • lisboa
  • Lisboa
  • Lisboa
  • Lisboa
  • Itinerário Lisboa
  • tratado de lisboa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!