Linha de tempo revolução industrial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 21 (5037 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 1 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Linha do Tempo (Revolução Industrial) e a Evolução da Medicina do Trabalho

Introdução
Além das transformações políticas, resultante das ideias liberais, a partir de 1750, iniciou-se na Europa uma grande mudança Socioeconômica denominada de Revolução Industrial. Essas transformações começaram na Inglaterra com a mecanização do trabalho, antes o processo de transformação das matériasprimas era Artesanal realizado em casa ou em pequenas oficinas, onde o artesão, com suas ferramentas rudimentares, confeccionavam os artigos para abastecer o mercado local.
Com a Revolução Industrial, o capitalismo se consolidou como modo de produção e a indústria passou a substituir o velho comercio, acumulando muito mais riquezas.
À medida que o consumo aumentou, o processo deprodução artesanal foi substituído pelo manufatureiro, nesta fase o proprietário das ferramentas e da matéria prima passou a ser um capitalista, a partir daí todo o processo mudou, as tradicionais fontes de energia (água, vento e força muscular) foram superadas pelas maquinas a vapor e pela eletricidade, a velha cidade agrária estava se transformando em uma grande cidade industrializada, as mudançastambém ocorreram nas áreas rurais, milhares de camponeses abandonaram suas casas, para morar nas cidades, e trabalhar nas grandes oficinas, cada um com sua função especifica , em troca os operários recebiam míseros salários.

Um novo modo de Produção – Etapas do Crescimento.
A situação da Europa, principalmente na Inglaterra, era resumidamente assim:
• Os comerciantes tinhamdinheiro e passaram a aplicar em fabricas e indústrias.
• A fabricação de produtos, como roupas e sapatos estava crescendo cada vez mais.
• Surgiram as primeiras fabricas.
• Máquinas pesadas e potentes substituíram o trabalho braçal.
• Aumentava o número de trabalhadores.
A produção econômica Européia passou por três etapas principais: A Artesanal, a Manufatureira e aMecanizada, todas de grande importância na antiguidade.

Inglaterra, onde tudo começou:
Vários fatores contribuíram para que a Inglaterra se tornasse a primeira potência Industrial da Europa, vejamos quais foram:
Acúmulo de Capitais: A Inglaterra tinha a mais importante zona de livre comércio da Europa. A burguesia inglesa possuía um papel social importante na vida econômica do país. Fora issoela ainda contava com um sistema de Crédito Financeiro bem desenvolvido, desde a fundação do Banco da Inglaterra em 1694. Com isso os Ingleses investiram no Comercio Marítimo.
A população inglesa estava em acelerado crescimento, as taxas de mortalidade vinham decrescendo desde o inicio do século, melhorias na produção agrícola, saúde e higiene fizeram a diferença para a população. Noentanto o mais importante era comandar o mercado externo, pois este não parava de crescer.
Adotando uma política externa agressiva, os ingleses se tornaram grandes colonizadores através de varias guerras, dominaram pontos estratégicos como Gibraltar, Índia, Canadá e ilhas Antilhanas, além das treze colônias. A exploração colonial e a supremacia no comercio possibilitaram a Inglaterra acumularcapitais em maior proporção que os outros países.

Outro fator importante que ajudou, foi à ausência de guerra em seu solo, desde 1066 o país não sofreu nenhuma invasão ou teve seus patrimônios destruídos por guerra, diferente dos países vizinhos que sofriam conflitos diretos, como exemplo da França e Alemanha.
Controle Capitalista nas Propriedades Rurais: Com o acumulo de Capitais aInglaterra conquistou o controle sobre o campo, Os donos de capitais passaram a ampliar e dirigir grandes propriedades. Houve até uma melhoria dos métodos de produção e aumento de produtividade. Estimulados pelo alto preço da lã, os ingleses começaram a cercar as terras comuns de camponeses obrigando-os a deixar seus lares, e esta passava a fazer parte da propriedade dos Latifundiários.
Grande Volume...
tracking img