Linguistica nos seculos xix e xx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (691 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB
DEPARTAMENTO DE CIENCIAS HUMANAS E TECNOLOGIAS – DCHT

CURSO: LETRAS VERNÁCULAS SEMESTRE:VII TURNO: NOTURNO

A LINGÜÍSTICA NOS SÉCULOS XIX E XX: AIMPORTÂNCIA DOS DOIS MOMENTOS HISTÓRICOS PARA OS ESTUDOS DA HISTÓRIA.


A Lingüística só foi estabelecida como ciência a partir do século XIX, pois até então o que havia era uma série de estudosirregulares em torno da linguagem.
Até chegar a sua forma de ciência, a lingüística passou por três importantes fases: a filosófica, com seus estudos voltados para a etimologia, semântica, retórica,morfológica, fonética, filosófica e sintaxe; a filológica voltada para a morfologia, sintaxe e fonética e por último a histórico-comparativa, que se originou a partir das pesquisas filológicas. Nesta, havia apreocupação de saber como as línguas evoluem e não como funcionam.
O método histórico comparativo atribuía aos seus estudos um enfoque basicamente naturalista em que as línguas nascem, crescem emorrem como os organismos. Mas não para por aí, pois, existiam ainda as leis da lingüística, que por sua vez, se aproximavam das leis físicas. Neste caso foi solicitada a ajuda dos neogramáticos, e comisso surge a fase culturista, com o intuito de neutralizar o naturalismo. Dessa forma, enquanto os naturalistas se preocupavam com os fatores internos da língua os culturista se preocupavam com osexternos.
Dentro desse contexto, os neogramáticos vão marcar a lingüística do século XIX, defendendo a tese de que todas as mudanças no sistema fonético de uma língua enquanto esta se desenvolvia aolongo do tempo, estavam sujeitas a operações de leis fonéticas regulares.
No início, essa tese não foi muito bem aceita, mas no final do século XIX, já estava bastante definida, tornando-se ofundamento do método comparativo.
A lingüística no século XIX contou com a importante contribuição de Humboldt, um erudito e diplomata lingüista alemão. Uma de suas teorias trata da forma externa da...
tracking img