Linguagem

Páginas: 14 (3395 palavras) Publicado: 7 de março de 2015
Linguagem matemática e Língua
Portuguesa: diálogo necessário na
resolução de problemas matemáticos

6

Edi Jussara Candido Lorensatti*

Resumo: Aprender Matemática na escola
é deparar-se com um mundo de conceitos
que envolvem leitura e compreensão,
tanto da linguagem natural como da
linguagem matemática. Muitas vezes, os
componentes curriculares, a Língua
Portuguesa e a Matemática não dialogam.
Aresolução de problemas parece ser um
dos pontos críticos na Matemática escolar.
Este artigo aproxima esses componentes
de forma a buscar estratégias para uma
aprendizagem efetiva.

Abstract: Learning mathematics in
school is being faced with a world of
concepts that involves reading and
understanding of the natural language
and mathematical language. Often, the
curriculum components, Portugueselanguage and the Mathematic don’t talk
to each other. The resolution of the
problems seems to be a critical point in
mathematics education. This article seeks
to bring these components together to
identify strategies for an effective
learning.

Palavras-chave: Linguagem matemática.
Linguagem natural. Problemas.

Keywords: Mathematical language.
Natural language. Problems.

*

Mestranda no Programade Pós-Graduação em Educação, na linha de pesquisa Educação,
Epistemologia e Linguagem, da Universidade de Caxias do Sul (UCS), 2009.
Conjectura, Edi Jussara Candido Lorensatti, v. 14, n. 2, maio/ago. 2009

89

Introdução
Tradicionalmente, Matemática e Língua Portuguesa não dialogam
na escola. Há uma tradição que “o indivíduo que é bom em Matemática
não o é em Língua Portuguesa”. As práticas desala de aula têm reforçado
essa premissa, e o professor ou o planejamento pedagógico das escolas,
dificilmente, oportunizam uma aproximação entre esses dois
componentes, de forma intencional.
Grande parte dos professores da disciplina de Matemática, na
Educação Básica, ouve com frequência de seus alunos: “O que isto quer
dizer?” ou “É de multiplicar ou de dividir?” referindo-se a um enunciado
ou àtentativa de resolução de um problema. Esses mesmos professores
dizem: “Os alunos não sabem interpretar” ou “Os alunos não sabem o
que o problema pede”, ou ainda, “Os alunos não sabem Língua
Portuguesa, por isso, não conseguem resolver os problemas.”
Embora, na vida prática, muitos alunos realizem complicadas
operações matemáticas para resolver problemas do seu cotidiano, essas
mesmas operações,quando propostas por professores ou organizadas
nos livros didáticos, por meio dos códigos matemático e linguístico,
costumam se tornar verdadeiros enigmas. Não raro, atribuímos às
restrições das habilidades de nossos alunos na leitura de textos didáticos
que abordam conteúdos escolares de Matemática, grande parte da
responsabilidade sobre eventuais insucessos no aprendizado da Matemática
ou narealização de atividades a ele relacionadas. Assim, este artigo apresenta
algumas reflexões sobre o diálogo necessário entre Língua Portuguesa e
linguagem matemática para a resolução de situações-problema.

Língua Portuguesa e linguagem matemática
A linguagem matemática pode ser definida como um sistema
simbólico, com símbolos próprios que se relacionam segundo
determinadas regras. Esse conjunto desímbolos e regras deve ser
entendido pela comunidade que o utiliza. A apropriação desse
conhecimento é indissociável do processo de construção do conhecimento
matemático. Está compreendido, na linguagem matemática, um processo
de “tradução” da linguagem natural1 para uma linguagem formalizada,
1

Qualquer linguagem de uso geral, escrita ou falada por uma comunidade humana.

90

Conjectura, Caxias doSul, v. 14, n. 2, p. 89-99, maio/ago. 2009

específica dessa disciplina, segundo Granell (2003). Os enunciados
emitidos em língua natural passam a ser escritos para o equivalente em
símbolos matemáticos. Essa tradução “é o que permite converter os
conceitos matemáticos em objetos mais facilmente manipuláveis e
calculáveis”. (p. 261).
Os Parâmetros Curriculares Nacionais de Ensino Médio...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Linguagem
  • Linguagens
  • Linguagem
  • Linguagem
  • linguagem
  • Linguagem
  • Linguagem
  • LINGUAGEM

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!