Linguagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1248 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
-
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
Faculdade de Comunicação
Departamento de Audiovisuais e Publicidade
Oficina Básica de Audiovisual
Professor David R. L. Pennington
Tatiana Tenuto

Escrito em: 10/04/2008

MARTIN, Marcel. A Linguagem Cinematográfica. São Paulo: Brasiliense, 2007.

Capítulo 2 – O Papel Criador da Câmera, p. 30-55.

Deslocar o aparelho de filmagem ao longo de uma mesma cenamostrou a criação de uma nova ferramenta de trabalho dos diretores: a câmera. Assim, em 1896, veio espontaneamente o travelling. Uma das grandes evoluções cinematográficas da época foi quando a câmera deixou de apenas registrar acontecimentos para se tornar ativa nos filmes, isto é, ser capaz de transmitir um ponto de vista. Nesse aspecto há a câmera subjetiva e o olhar face à câmera, entreoutros. Mais tarde, quando a influência do teatro cessar, o fato de o ator se dirigir diretamente à câmera irá atingir o espectador com um efeito muito dramático.
Com a evolução desse equipamento, haverá a preocupação com a composição da imagem, daí haverá todo um aperfeiçoamento técnico dos enquadramentos, de modo que o diretor organize o fragmento de realidade a ser mostrado na tela. Além disso,haverá a escolha de planos, para se encontrar a comodidade da percepção, para se determinar o plano que traz maior clareza à narrativa. Outro fator que pode modificar a significação do trabalho é o ângulo de filmagem, que pode dar a impressão de superioridade ou exaltação à personagem (contra-plongé) ou inferiorizá-la (plongé), e transmitir pontos de vista, subjetivos e objetivos, que podeminterferir no outro. Além dos posicionamentos da câmera, há também os movimentos: acompanhar personagens, descrever um espaço, realçar personagens ou objetos, expressar o ponto de vista de um personagem, etc. Esses movimentos podem descrever e dramatizar a cena; em alguns filmes, o movimento também pode adquirir valor rítmico ou de penetração (em determinado espaço, por exemplo). O autor distingue aindatrês tipos de movimentos: o travelling, a panorâmica e a trajetória.

Capítulo 3 – Os Elementos Fílmicos Não-Específicos, p. 56-74.

Os elementos são chamados de não-específicos por serem utilizados por outras artes além da cinematográfica, como a pintura e o teatro. O primeiro elemento a ser discutido no livro é a iluminação, fator decisivo para a criação da expressividade da imagem.Atualmente, preza-se por uma iluminação realista, evitando-se o uso exagerado de luz. No entanto, é preferível uma iluminação artificial a uma iluminação natural mas deficiente. Surgem também as sombras de efeito, muito usadas no Expressionismo e que colaboram com a definição do contorno dos objetos e com a profundidade espacial.
Outro elemento que se destaca num filme é o vestuário, que evidencia gestose atitudes dos personagens, traços de expressão e personalidade. No cinema, definem-se três tipos de vestuário: realista, para-realista e simbólico, que se diferenciam de acordo com o uso, por harmonia ou contraste com o cenário. O cenário, aliás, também é um elemento não-específico, mais importante no cinema que no teatro, e que compreende tanto as paisagens naturais quanto as produções deestúdio. Constroem-se cenários devido à verossimilhança histórica, a uma questão de economia ou com o desejo de acentuar-se o simbolismo e a significação da filmagem. Dentre as concepções gerais do cenário encontra-se a realista, a impressionista e a expressionista. De qualquer maneira, o cenário desempenha quase sempre um papel de contraponto com a tonalidade moral ou psicológica da ação.
O elementofílmico citado no livro que é encontrado em outros elementos é a cor, que provoca sensações e interpretações nos espectadores. Esse elemento merece atenção especial, pois por longo tempo o cinema era filmado em preto-e-branco, e até hoje há problemas relacionados com a conservação da cor nas fitas. Além disso, há os problemas estéticos da cor, relacionados ao seu poder decorativo e quando ele...
tracking img