Linguagem na comunicação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1782 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CABANAGEM


1. ACONTECIMENTOS QUE ANTECEDERAM A REVOLTA

1.2 A EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
Após a independência política do Brasil em relação a Portugal, iniciou-se o Primeiro Reinado que abrangeu o período de 1822 a 1831. Após esta independência, os grandes territórios conhecidos como capitanias hereditárias passaram a se chamar províncias; Porém em muitas províncias houveresistência à separação de Portugal.
O Imperador D.Pedro l utilizou oficiais e soldados mercenários para combater possíveis revoltas e manter a unidade territorial. Ainda assim, houveram resistências nas províncias do Pará, Maranhão, Piauí, Cisplatina e Bahia.

1.3 ABDICAÇÃO DE D.PEDRO I ( 1831 )
Vários motivos levaram D. Pedro a abdicar o trono devido a uma série de problemas enfrentados em seugoverno. Um dos problemas cruciais que ocasionou sua renuncia foi a Guerra da Cisplatina, onde atualmente se localiza o Uruguai. Os habitantes daquele local não aceitavam fazer parte do Brasil por questões culturais e de crença, resolveram então lutar contra o Brasil Império pela sua independência.
A Inglaterra que tinha interesses econômicos na região, interviu promovendo a paz, e com isso o Brasilperdeu a guerra. A imagem política de D.Pedro se desgastou ainda mais, sem contar o desequilíbrio econômico que esta guerra causou ao governo imperial. Com isso, o governo brasileiro gastou fortunas com a repressão e a dívida pública aumentou consideravelmente.
D. Pedro renunciou na manhã de 7 de abril de 1831, voltou à Portugal para lutar pelo trono. Após encabeçar uma guerra civil, conseguiuchegar a Lisboa, onde foi aclamado com o título de D. Pedro IV. Três anos depois morre vítima de tuberculose.

1.4 PERÍODO REGENCIAL ( 1831 – 1840 )

Após abdicar o trono em favor de seu filho D. Pedro de Acântara, que na ocasião tinha apenas cinco anos, D. Pedro I causou agitação e estimulou a participação política das camadas urbanas e dos militares. Porém mais uma vez a aristocracia dominantefoi a grande favorecida.
Pelo fato de o herdeiro de D. Pedro ter apenas cinco anos, não seria possível assumir o governo, e pelo fato de Assembléia está de recesso no dia da abdicação, não foi possível escolher uma Regência Trina, como determinava a Constituição imperial. Um grupo de parlamentares se reuniu e escolheu uma Regência Trina Provisória, constituída pelos senadores Carneiro de Campos,conservador; Campos Vergueiro, liberal; e pelo brigadeiro Francisco de Lima Silva, militar.
A fase regencial foi politicamente a mais instável da história do Brasil. Os principais agrupamentos políticos lutavam pela posse do poder, defendendo tendências diversas.
Nesse período o Brasil ficou dividido em 3 grupos diferentes que dominaram a vida pública brasileira:
Grupo dos Restauradores:Lutava pelo regresso de D. Pedro e pela volta do antigo regime que era composto por comerciantes portugueses ligados a este regime.
Grupo dos Moderados: Lutava pela unificação territorial do país. Defendia a monarquia mas eram contrários ao absolutismo.
Grupo dos Liberais Exaltados: Lutava pela descentralização do poder, pela autonomia das províncias, e muitos desejavam o fim da monarquia e queriama república.

1.5 AS REBELIÕES REGENCIAIS
Para as camadas livres, mas não proprietárias, as rebeliões eram a única alternativa que lhes restavam para mudar a situação sócio-política, pois na realidade, a independência foi apenas uma estratégia política da aristocracia rural brasileira que conservou e até ampliou seus privilégios. Por outro lado a miséria se agravava na fase regencial com acrise econômica financeira. A população pobre, vivendo em estado de miséria em várias partes do país, nada podia esperar de um governo dominado pelos ricos aristocratas rurais.

2. CABANAGEM

2.1 O INÍCIO DE UMA REVOLTA SANGRENTA

A Cabanagem foi uma revolta popular que abrangeu o período de 1835 à 1840. Aconteceu basicamente no atual estado do Pará se estendendo de forma mais tímida a...
tracking img