Linguagem escrita elaborada e planejada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2038 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1

Fala e escrita - suas especificidades
Fga. Dra. Ana Paula M. Goyano Mac-Kay CEFAC Na linguagem, as modalidades oral e escrita se completam, guardando cada uma suas propriedades. O fato de possuírem formas características não pode nos levar à falsa noção de que são modalidades destituídas de pontos de integração. Akinnaso (1982) afirma que fala e escrita apresentam formas superficiaisdiferentes e igual estrutura semântica subjacente: utilizam o mesmo sistema léxico-semântico e variam, em particular, na escolha e distribuição de padrões sintáticos e de vocabulário, de acordo com a produção do texto. Admitindo o princípio de continuum, Koch no livro O texto e a construção dos sentidos (1997) ressalta que os textos podem apresentar-se de várias formas, ou seja, ora se aproximando dopólo da fala (por exemplo: os bilhetes domésticos, os bilhetes dos casais, cartas familiares e textos de humor), ora se aproximando do pólo da escrita (por exemplo: os discursos de posse de cargo, as conferências, as entrevistas especializadas e propostas de produtos de alta tecnologia por vendedores especialmente treinados). Conforme observa a autora, fala e escrita constituem duas possibilidades deuso da língua que utilizam o mesmo sistema lingüístico e que, apesar de possuírem características próprias, não devem ser vistas de forma dicotômica.

2

Em síntese clara e objetiva, Koch (ibidem:62) oferece um esquema da estruturação da visão dicotômica, que ilustra as mais freqüentes diferenças entre fala e escrita apontadas na literatura, e que apresentamos a seguir:

Falacontextualizada implícita redundante não-planejada predominância “modus pragmático” fragmentada incompleta pouco elaborada pouca informacional explícita condensada planejada

Escrita descontextualizada

do predominância do “modus sintático” não-fragmentada completa elaborada

densidade densidade informacional de frases

predominância de frases predominância curtas, simples coordenadas passivas poucasnominalizações menor densidade lexical abundante

ou complexas com subordinação freqüente de de

pequena freqüência de emprego passivas abundância

nominalizações maior densidade lexical

3

Fávero, Andrade e Aquino (1994) observam o fato de as gramáticas adotarem como parâmetro a escrita e associarem a fala com um dos seus níveis de realização - o informal - e que essa posição fortaleceo enfoque que polariza as duas modalidades por não incluir a possibilidade da existência de níveis de formalidade. As autoras (ibidem: 273) sinalizam para o fato de que, “na verdade, tanto a fala como a escrita abarcam um continuum que vai do nível mais informal aos mais formais, passando por graus intermediários”, e demonstram essa variação em dependência com as condições de produção do texto.Tais condições estão em estreita relação com o contexto, com as condições de interação, com os interlocutores e com o tipo de processamento da informação conforme o seguinte quadro apresentado pelas autoras: (op. cit.: 276):

Fala
interação face a face quase simultâneo impossibilidade apagamento sem condições de consulta ampla possibilidade

Escrita
interação à distância produção depossibilidade de revisão para operar correções livre consulta de as formulações podem e promovida

planejamento simultâneo ou planejamento anterior à

reformulação; é marcada, não ser tão marcadas, é pública, pode ser promovida privada ouvinte tanto pelo falante como pelo apenas pelo escritor

4

ouvinte acesso imediato ao feed- sem possibilidades back do ouvinte texto, feed-back imediato de

ofalante pode processar o o escritor pode processar redirecionando-o a o texto a partir das reações do leitor partir das reações do ouvinte possíveis

Silva (1996) discorre sobre as modalidades oral e escrita da linguagem considerando que o assunto é complexo, não havendo ainda respostas claras para as indagações a respeito do tema. Apresentamos, a seguir, um esquema que, segundo a autora,...
tracking img