Lingua materna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8968 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Portal da Estação da Luz da Língua Portuguesa

Texto 29

LINGÜÍSTICA E ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA

Rodolfo Ilari (Unicamp)

Introdução

Datadas de 1957, as primeiras reflexões de um lingüista brasileiro sobre o ensino da língua estão contidas num ensaio de Joaquim Mattoso Câmara Jr. cujo título é todo um programa "Erros de Escolares como Sintomas de Tendências do Português no Rio deJaneiro". Nele se afirmava, com toda a clareza possível, que muitos erros encontrados pelos professores de ensino fundamental e médio na fala e na escrita de seus alunos, nada mais eram do que inovações pelas quais estava passando a língua portuguesa falada na época; o texto de Mattoso Câmara sugeria também que era equivocado tomá-los como sintoma de outra coisa - por exemplo de alguma incapacidadefundamental dos próprios alunos - e recomendava que, ao lidar com suas classes de crianças e adolescentes, nossos mestres do ensino fundamental e médio tomassem a situação lingüística então vigente no Brasil como pano de fundo do ensino de língua materna.

No contexto dos anos 1950, a mensagem de Mattoso Câmara era altamente inovadora. Ela se baseava nos pressupostos de uma ciênciarecém-introduzida no Brasil - a Lingüística - e interpretava de maneira totalmente nova uma situação pedagógica que se tornava cada vez mais freqüente por causa da chamada "democratização do ensino", que ia promovendo o ingresso maciço de crianças e adolescentes das classes populares numa escola até então fortemente elitizada. Os dois processos aqui aludidos - a presença cada vez mais numerosa de alunosprovenientes da classe popular no ensino fundamental e médio e a difusão nesse mesmo ensino de idéias originadas na lingüística - continuam até nossos dias. Nas próximas páginas, falaremos do segundo, tentando explicar como a ciência lingüística se mostrou relevante para o ensino de língua materna.

Nos cerca de cinqüenta anos que nos separam do texto de Mattoso Câmara, a Lingüística brasileira foiuma disciplina extremamente dinâmica:

1) criou na sociedade brasileira uma nova figura de pesquisador profissional da linguagem - o lingüista - que acabou por assumir parte das tarefas antes confiadas às figuras tradicionais do gramático e do filólogo;

2) cultivou o debate entre várias orientações teóricas, o que levou a multiplicar as maneiras de pensar a língua e seu estudo;isso repercutiu no estudo da língua portuguesa estimulando pesquisas que, tomadas em seu conjunto, criaram para essa língua um programa de investigação sem precedentes em todos os tempos;

3) serviu de suporte para a assimilação de uma série de teorias sobre fenômenos em que a língua se envolve: a cognição, a capacidade humana de agir e interagir, todo tipo de ação pedagógica, etc.

1."Vulto solene, de repente antigo": o filólogo e o gramático

Até a criação das primeiras disciplinas universitárias de Lingüística, ocorrida nos primeiros anos da década de 1960, o estudo da língua ficava por conta de duas figuras de profissionais: o filólogo e o gramático. A Filologia tem suas origens no Humanismo e na Renascença, e começa com a atividade de alguns grandes estudiosos dasliteraturas grega e latina, como o poeta italiano Petrarca, o filósofo holandês Erasmo de Rotterdam ou o historiador português Damião de Góis. Nasceu do esforço de compreender os textos da antiguidade clássica e, além de desenvolver métodos e técnicas destinados a recuperar a forma original dos textos que ainda sobreviviam, reuniu uma enorme massa de conhecimentos lingüísticos e históricos necessários paraa sua compreensão.

Assim como existe uma Filologia clássica, existe uma Filologia portuguesa: é a ciência que nos permite interpretar os documentos mais antigos de nossa língua, que foram escritos em Portugal a partir do século XII. Nesse tipo de estudo, como se pode imaginar, as informações históricas e a análise minuciosa dos textos antigos têm um papel preponderante. Até o início da...
tracking img