Limites do pensamento positivista para pensar as relações de poder na sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1077 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO

Faculdade de Humanidades e Direito (FAHUD)

Curso de Ciências Sociais (Licenciatura EAD)

FERNANDO VINICIUS GONÇALVES FRIAS – MATRÍCULA Nº 237345
MARCEL SILVA BARBOSA – MATRÍCULA Nº 227735
TARCISA DE OLIVEIRA SANTOS – MATRÍCULA Nº 230538
WILSON ALVES DE CARVALHO – MATRÍCULA Nº 230535



TÍTULO: “Limites do pensamento positivista para pensar asrelações de poder na sociedade”.


SUBTÍTULO: Atividade

POLO PERUS


Aula de 14/02/2013




“Limites do pensamento positivista para pensar as relações de poder na sociedade”.



Fica bem claro que os limites do pensamento positivista esta na relação de poder da sociedade, pois o positivista através da ciência acredita como um poder maior que a sociedade, o poder espiritual,que supera crises a organiza em definitivo o estado positivo, esse poder seria exercido pelos industriais, pois Comte não acreditava que o proletariado pudesse ter autoridade, os ricos detinhamautoridade econômica e social para manter a coletividade, já que eram o topo da hierarquia também tinham essa capacidade.
Essa autoridade temporal provinha da propriedade privada, fonte de uma funçãosocial, para Comte isso era socialmente indispensável, ele achava também que homens são capazes gerar acumulo de riquezas maior que as consumidas pela sociedade, desta forma fazendo a civilização progredir materialmente, mas essa riqueza concentrada em forma de propriedade privada foi construídas por todos e se concentra em alguns.
Uma forma de participação para a riqueza foi o imposto cobrado pelacoletividade, juntamente com uma intervenção da organização politica social e sujas finalidades.
Para Comte A crise e a oposição de interesses entre operários e empresários eram, a seus olhos, resultado da má organização da sociedade e poderiam ser superados com reformas.
A questão social, levantada pelo embate entre as classes advinha do desordenado movimento progressivo da sociedadeindustrial, que precisava agora, uma vez estabelecido o positivismo e a física social orientadora da política positiva, ser superado pela incorporação do proletariado à ordem científico industrial.
Para Comte isso só seria possível se o conjunto social orientado pelo poder espiritual formasse um movimento de opinião publica para mostrar aos detentores de capital o seu objetivo social, não permitindoque a riqueza fosse gerida em favor dos ricos e não dos proletariados, mas para isso Comte defendia a instituição de um salario mínimo formando um subsidio pela sociedade.
Esse salario seria em duas partes, uma fixa que deveria cobrir todas a necessidades básicas do trabalhador e outra variável de acordo com a produção de cada trabalhador.
Era através da educação que o positivismo acreditavana regeneração moral do homem, fazendo o proletário exercer sua função social de fiscalização e colaborando com os intelectuais, desta forma incorporando o proletariado a sociedade com uma concepção politica e econômica.
No meu entendimento Comte através do positivismo acreditava que o proletariado não tinha condições de fazer algo maior, colocando os como um ser inferior em uma sociedade emque o poder viria através de riquezas privadas, riquezas essas que deveriam voltar através de benfeitorias, mas nem sempre voltava porque os industriais que detinham as riquezas não tinham obrigação ou comprometimento em fazer essas benfeitorias.
Isso são fatores que acabaram limitando os pensamentos positivistas e como relação de poder na sociedade também ficou claro que os industriais nãopensavam no proletariado e tendo muitas dificuldades de comunicação com a classe de trabalhadores, tanto que foi instituído o papel do chefe, justamente para amenizar os confrontos.
Auguste Comte (1798-1857) nasceu na França e presenciou os acontecimentos da época turbulenta que se seguiu à Revolução Francesa. Ele acreditava que a sociedade de sua época que era fortemente influenciada pelo...
tracking img