Lima Barreto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2100 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
LIMA BARRETO


Afonso Henriques de Lima Barreto nasceu no Rio de Janeiro no ano em que se iniciou o Realismo/Naturalismo no Brasil (1881) e morreu no ano da Semana de Arte Moderna (1922).

O escritor carioca é hoje considerado um dos principais romancistas brasileiros, embora sua importância literária tenha sido reconhecida aos poucos e se firmado apenas nas últimas décadas. Mulato, pobre,orgulhoso de suas origens, severo em suas críticas, alcoólatra e subversivo, Lima Barreto foi incompreendido pela crítica de seu tempo e alcançou em vida apenas uma relativa popularidade.

Ele foi um dos poucos em nossa literatura que combateram o preconceito racial e a discriminação social do negro e do mulato. Escritor de seu tempo e de sua terra, Lima Barreto anotou e registrou, asperamente,quase todos os acontecimentos da República. Embora no plano pessoal fosse conservador em relação às novidades trazidas pela modernidade, como o cinema, os arranha-céus e o futebol, em sua obra registra de forma crítica alguns episódios, tais como a campanha contra a febre amarela, a política da valorização do café, a insurreição antiflorianista.

A paixão de Lima Barreto por sua cidade, o Rio deJaneiro, com seus subúrbios, sua gente pobre e seus dramas humildes, também está presente nas obras do escritor, assim como a crítica a figuras da classe média que lutam desesperadamente para ascender socialmente ou a políticos da época, sarcasticamente retratados, pela mania de ostentação, pelo vazio intelectual e pela ganância.


TRISTE FIM DE POLICARPO QUARESMA – ENTRE O IDEAL E O REALContextualizado no fim do século XIX, no Rio de Janeiro, Triste fim de Policarpo Quaresma, o principal romance de Lima Barreto, narra os ideais e a frustração do funcionário público Policarpo Quaresma, homem metódico e nacionalista fanático.
Sonhador e ingênuo, Policarpo dedica a vida a estudar as riquezas do país: a cultura popular, a fauna, a flora, os rios, etc. Sua primeira decepção se dá quandosugere a substituição do português, como língua oficial, pelo tupi. O resultado é sua internação em um hospício.
Aposentado, confiante na fertilidade do solo brasileiro, dedica-se à agricultura no sítio Sossego. Contudo, depara-se com uma dura realidade: a esterilidade do solo, o ataque das saúvas, a falta de apoio ao pequeno agricultor.
Por fim, com a eclosão da Revolta da Armada, no Rio deJaneiro, Quaresma apóia o então presidente, o marechal Floriano Peixoto, e participa do conflito como voluntário. No cargo de carcereiro, critica as injustiças que vê serem praticadas contra os prisioneiros. Em razão dessas críticas, é preso e condenado ao fuzilamento por ordem do próprio Floriano, seu ídolo.
Além de fazer uma descrição política do país no início da República, a obra traça um ricopainel social e humano dos subúrbios cariocas na virada do século. Aposentados, profissionais liberais, moças casadoiras, carreiristas, músicos, donas de cada, o mulato – esse é o universo retratado por Lima Barreto em sua obra.

Observe um trecho do último capítulo de Triste fim de Policarpo Quaresma que mostra o protagonista logo após ter denunciado ao presidente Marechal Floriano Peixoto asinjustiças feitas aos prisioneiros na prisão.

“[...]
Desde dezoito anos que o tal patriotismo lhe absorvia e por ele fizera a tolice de estudar inutilidades. Que lhe importavam os rios? Eram grandes? Pois que fossem... Em que lhe contribuiria para a felicidade saber o nome dos heróis do Brasil? Em nada... O importante é que ele tivesse sido feliz. Foi? Não. Lembrou-se das suas cousas de tupi, dofolclore, das suas tentativas agrícolas... Restava disso tudo em sua alma uma satisfação? Nenhuma! Nenhuma!
O tupi encontrou a incredulidade geral, o riso, a mofa, o escárnio; e levou-o à loucura. Uma decepção. E a agricultura? Nada. As terras não eram ferazes e ela não era fácil como diziam os livros. Outra decepção. E, quando o seu patriotismo se fizera combatente, o que achara? Decepções....
tracking img