Licopeno

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4870 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
LICOPENO
COMUNICAÇÃO | COMO AGENTE ANTIOXIDANTE | 227
COMMUNICATION

Licopeno como agente antioxidante

Lycopene as an antioxidant agent
Najua Juma Ismail Esh SHAMI 1
Emília Addison Machado MOREIRA2

RESUMO
Este trabalho constitui uma revisão de dados científicos sobre o consumo de licopeno e sua ação como fator
antioxidante. O licopeno é considerado o carotenóide que possui a maiorcapacidade seqüestrante do oxigênio
singlete. Radicais livres agem continuamente no organismo, podendo desencadear danos celulares e serem
os responsáveis pelo desenvolvimento de câncer e certas doenças crônicas. Estudos mostram que o licopeno
protege moléculas de lipídios, lipoproteínas de baixa densidade, proteínas e DNA contra o ataque dos
radicais, tendo um papel essencial na proteção dedoenças. Como prevenção, preconiza-se o consumo de
dietas ricas em alimentos fontes de licopeno: tomates e seus produtos (purê, pasta, catchup), mamão, pitanga
e goiaba; que aportem cerca de 35mg de licopeno ao dia.
Termos de indexação: licopeno, antioxidantes, radicais livres, carotenóides, tomates, Lycopersicon esculentum.

ABSTRACT
This paper is a review of scientific data about lycopene asan antioxidant agent. Lycopene is considered the
carotenoid that has the highest capacity of capturing the singlet oxygen. Free radicals are continuously acting
on the organism, being capable of promoting cellular damage and development of cancer among other
chronic diseases. Studies show that lycopene protects lipid molecules, low-density lipoproteins, proteins and
DNA against the attack offree radicals. They have an essential function in the protection against diseases. As
a precaution, one should eat foods that are a source of lycopene: tomatoes and tomato-products (purée,
pasta, ketchup), papaya, pitanga and guava; to provide approximately 35mg of lycopene a day.
Index terms: Lycopene, antioxidants, free radicals, carotenoids, tomatoes, Lycopersicon esculentum.
1

2Curso de Especialização em Terapia Nutricional, Departamento de Nutrição, Centro de Ciências da Saúde, Universidade
Federal de Santa Catarina. E-mail: shami@terra.com.br
Departamento de Nutrição, Centro Ciências da Saúde, Universidade Federal de Santa Catarina. Campus Universitário,
Trindade, 88040-970, Florianópolis, SC, Brasil. Correspondência para/Correspondence to: E.A.M. MOREIRA. E-mail:addison@ccs.ufsc.br

Rev. Nutr., Campinas, 17(2):227-236, abr./jun., 2004

Revista de Nutrição

228

|

N.J.I.E. SHAMI & E.A.M. MOREIRA

INTRODUÇÃO
A preocupação com a ação dos antioxidantes e a sua relação com os radicais livres se
tornou essencial à compreensão de algumas
etiopatogenias.
Os radicais livres são átomos ou moléculas
produzidas continuamente durante os processosmetabólicos e atuam como mediadores para a
transferência de elétrons em várias reações
bioquímicas, desempenhando funções relevantes
no metabolismo. As principais fontes de radicais
livres são as organelas citoplasmáticas que
metabolizam o oxigênio, o nitrogênio e o cloro,
gerando grande quantidade de metabólitos1.
A produção excessiva de radicais livres
pode conduzir a diversas formas de danocelular
e sua cronicidade pode estar envolvida com a
etiogênese ou com o desenvolvimento de
numerosas doenças2.
As lesões causadas pelos radicais livres nas
células podem ser prevenidas ou reduzidas por
meio da atividade de antioxidantes, sendo estes
encontrados em muitos alimentos3. Os antioxidantes podem agir diretamente na neutralização
da ação dos radicais livres ou participarindiretamente de sistemas enzimáticos com essa função.
Dentre os antioxidantes estão a vitamina C, a
glutationa, o ácido úrico, a vitamina E e os
carotenóides4.
Os carotenóides, juntamente com as
vitaminas, são as substâncias mais investigadas
como agentes quimiopreventivos, funcionando
como antioxidantes em sistemas biológicos5.
Algumas das principais fontes de carotenóides são cenouras e...
tracking img