Libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (488 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A padronização e as variações linguísticas da Língua Brasileira
de Sinais – Libras.
Iniciaremos nossos estudos relembrando que ao longo da história os surdos sofreram inúmeras proibições e puniçõespor utilizarem os gestos como forma de expressão e comunicação (Capovilla, 2000).
Somente no século XX, a partir da década de 1960, os sinais foram estudados e analisados, sendo posteriormentereconhecidos como Língua. Iniciou-se então o processo crescente de desenvolvimento da comunidade surda dentro de uma sociedade predominantemente ouvinte.
A língua de sinais deixou de ser considerada“mímica” ou simplesmente como “gestos pontuais e indicativos”, para de fato ser aceita e considerada como uma língua, com todos os elementos linguísticos pertinentes encontrados em qualquer língua falada ouescrita (sintaxe, regras gramaticais e semântica), utilizando os movimentos para efetivar a comunicação, por isso é considerada uma língua viso-motora-espacial.
A língua de sinais não é universal,cada país possui suas regras gramaticais próprias e sinais específicos, sinais elaborados dentro da comunidade surda e pelos próprios surdos. Os sinais representam o significado e o significante de cadapalavra e/ou expressão.
No Brasil, a Língua Brasileira de Sinais (Libras) foi reconhecida como língua materna dos surdos, por meio da Lei Federal, somente em 2002. A partir desta data o progresso e ainclusão do surdo na sociedade foram notórios, pois conquistaram o direito de exercer a sua cidadania, ampliando o acesso às diversas áreas, como escola, lazer, cultura entre outras, antes segregadasem detrimento do desconhecimento da língua.
A Libras é considerada uma língua por ser padronizada, ou seja, possuir sinais convencionais de uso comum e regras gramaticais que a norteiam, porém, comoem qualquer língua, na Libras existem variações linguísticas.
As variações acontecem porque as “línguas” em uso são consideradas “vivas”, recebem influência do meio, época e acontecimentos...
tracking img