Libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3670 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A

C

T

A

S

D

O

I

E

I

E

L

P

Alunos Surdos: Aquisição da Língua Gestual e Ensino da Língua Portuguesa

Alunos Surdos: Aquisição da Língua Gestual e Ensino da Língua Portuguesa

Maria Madalena Belo da Silveira Baptista Escola Superior de Educação de Coimbra Palavras chave

Surdez - Educação Bilingue – Língua Gestual Portuguesa

Resumo A comunicaçãoapresentada visa realçar a importância da exposição precoce da criança surda Portuguesa à Língua Gestual Portuguesa (sua língua natural), e evidenciar metodologias específicas para o ensino da Língua Portuguesa na sua vertente oral e escrita. Para o efeito, começaremos por explicitar os princípios da educação bilingue no que respeita à criança surda e só depois passaremos a fazer referência à LínguaGestual Portuguesa (LGP) e ao ensino da Língua Portuguesa. No primeiro ponto desta comunicação, denominado de surdez e bilinguismo, explicitamos os pressupostos de uma educação bilingue. No ponto imediatamente a seguir, falamos do processo de aquisição da LGP em crianças surdas e tentamos desmistificar alguns mitos que ainda persistem em relação a esta língua de modalidade visuo-manual. Finalizamos,fazendo referência à aprendizagem da Língua Portuguesa por parte da criança surda e interligando os aspectos da oralidade com questões de leitura e escrita. Para o efeito, propomos cinco finalidades essenciais e enquadramos objectivos e actividades correspondentes a cada uma dessas finalidades.

Introdução A linguagem permite à criança aprender o que não é imediatamente evidente e desempenha umpapel central no pensamento e no conhecimento. No caso da surdez a consequência imediata para a criança será o comprometimento a nível da aquisição espontânea da linguagem oral uma vez que não recebe, ou tem dificuldade em receber o feed back auditivo.

197

exedra • 9 • Março de 2010

Durante cerca de um século, desde o célebre congresso de Milão em 1880 até à década de 1980, que asmetodologias de intervenção linguística oralistas1 se sobrepuseram aos métodos gestuais. Esta opção educativa fez com que as crianças surdas fossem consideradas deficientes devido à sua incapacidade para ouvir e à necessidade de educação especial e serviços sociais para minimizarem e corrigir essas deficiências. De facto, embora a surdez não prive os surdos2 da faculdade da linguagem, pode criarsituações atípicas no processo de aquisição e desenvolvimento da linguagem oral, utilizada pelos cidadãos ouvintes que constituem a maioria na nossa sociedade. No entanto, hoje em dia argumenta-se que as suas dificuldades linguísticas são consideradas como tendo origem em questões culturais e educacionais em vez de ser algo patológico, uma vez que toda a criança surda tem a capacidade humana e o potencialpara assimilar e desenvolver as complexas regras da linguagem e da comunicação. Para que isto aconteça, basta que a informação linguística usada seja visuo-manual, isto é, basta que os surdos tenham acesso à sua própria língua natural – a língua gestual. Posteriormente, será a língua gestual a providenciar à criança surda uma base para a aprendizagem de uma segunda língua (L2), que será a línguaoficial do país onde vive. 1. Surdez e Bilinguismo O termo bilingue significa que, na educação da criança surda, se vão utilizar duas línguas diferentes. Por um lado, a língua gestual, com as suas características próprias, sendo o sistema comunicativo preferencial atendendo aos valores da comunidade surda e à sua própria cultura; por outro, a língua oral da comunidade ouvinte onde a criança vivecom vista à sua integração social, acesso à língua escrita e, se possível, falada. O bilinguismo tem como ideia básica que o surdo deve ter como língua materna a língua gestual, considerada a língua natural dos surdos, e, como segunda língua, a língua oficial do seu país. A língua gestual providenciará ao surdo uma base para a aprendizagem de uma segunda língua que pode ser escrita ou oral. Os...
tracking img