Libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1439 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A História da Educação de Surdos

Os principais registros que temos sobre a História da Educação dos Surdos
Na antiguidade
Os surdos foram maltratados ao longo da história. Foram vítimas de extermínio e segregação pois eram olhados como uma aberração.
No Egito os surdos eram adorados mas na China, por exemplo, eram atirados ao mar. Só no fim da Idade Média é que começou a ser encarado comouma deficiência auditiva, sob o ponto de vista científico. Os Romanos privavam o Surdo de todos direitos legais. Eram confundidos como retardados. Não podiam se casar (até séc. XII).
Foi na Idade Moderna que se distinguiu, pela primeira vez, surdez de mudez. A expressão surdo-mudo, deixou de ser a designação do Surdo.
Século XVI
- Giralamo Cardamo (1501-1576)
Médico italiano que utilizavasinais e linguagem escrita; Defendeu que o uso de palavras faladas não era indispensável para compreender as ideias, mas acreditava na importância da leitura e escrita.
1º a inventar um código para surdos.

- Pedro Ponce de Leon(1520 – 1584)
Monge beneditino espanhol que utilizava, além de sinais, treinamento da voz e leitura dos lábios.
Estabeleceu a 1ª escola do mundo para pessoassurdas, no Mosteiro de São Salvador, perto de Madri.
Ensinava os surdos primeiro a escrever mostrando os objetos, para depois vocalizar as palavras a que correspondiam.

Século XVII

- Ivan Pablo Bonet (1579 - 1629)
Filólogo e soldado espanhol do serviço secreto do rei.
Foi o primeiro a utilizar um alfabeto manual na educação de pessoas surdas.-Juan Bulwer (1614-1684)
Médico inglês. Publicou em 1644, A Língua Natural da Mão e A Arte da Retórica Manual. Estava convencido que a língua manual era natural de todos os homens, sobretudo para os surdos e era útil o uso de um alfabeto manual.

Século XVIII

- Abbé Charles Michel de I'Epée (1712 - 1789)
Reconhece o valor da Língua Gestual dos Surdos. Contudo, segundo Lane(1997), não entendeu que existia uma verdadeira linguagem estruturada entre os surdos, criando um sistema de gestos e gramática francesa oral (fazia uso da língua de sinais, a língua oral e a escrita).
Foi fundador da 1ª escola pública do mundo, o Instituto Nacional para Surdos-Mudos de Paris.
Foi o primeiro a fazer um dicionário de linguagem de sinais.

-Samuel Heinicke (1727-1790)
Foiresponsável em estruturar e oficializar o Método Oral, também conhecido como Método Alemão. Opôs-se fortemente à utilização da linguagem gestual.
Em 1778, abriu a primeira escola para surdos na Alemanha.

Século XIX

-Thomas Hopkins Gallaudet (1787-1851)
Juntamente com Laurent Clerc fundou a primeira escola de surdos na América. Defendiam o uso concomitante da língua de sinais com a língua oral.- Laurent Clerc (1785-1879)
Estudante surdo que trabalhou com L´Eppe, deu aulas na Instituição Real para surdo em Paris. Em abril de 1817, juntamente com Gallaudet estabeleceram a primeira escola em Hartford, Connecticut.

-Alexandre Graham Bell (1847-1922)
Em 1872, abriu uma escola de educação para professores de surdos, em Boston. Bell tentou encontrar algum meio mecânico de modo a tornaro discurso visível e desenrolar a amplificação. Durante as experiências inventou o telefone. Era contra o uso da Língua Gestual.
- Congresso de Veneza Em 1872, no Congresso de Veneza, decidiu-se o seguinte:
» O meio humano para a comunicação do pensamento é a língua oral;
» Se orientados, os surdos lêem os lábios e falam;
» A língua oral tem vantagens para o desenvolvimento do intelecto,da moral e da linguística.

-Conferência de Milão de 1880
A 6 de Setembro de 1880, os educadores de surdos de todos os países reuniram-se em Milão para um Congresso Mundial de Educação de Surdos. As discussões foram sobre os edifícios e os métodos de ensino. Cada representante falou sobre o método usado na instrução e educação. Todos os países com excepção dos Estados Unidos adoptaram o método...
tracking img