Liberdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (828 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
São Paulo – O candidato tucano à prefeitura de São Paulo, José Serra, fez campanha ontem (10) pelas ruas de Pirituba, zona oeste da cidade, ao lado do coronel Paulo Telhada, que se elegeu vereadorpelo PSDB, mas é alvo de três pedidos de impugnação feitos pelo Ministério Público, um dos quais por incitação à violência. Telhada, que se orgulha de ter assassinado 36 pessoas – supostamentecriminosas – e que recentemente fez ameaças a um jornalista da Folha de S.Paulo, foi tratado durante o ato de ontem como “amigo” de Serra.
Questionado, o tucano defendeu a atuação do correligionário – cujolema é “bandido bom é bandido morto” –, e chegou a dizer que Telhada respeita os direitos humanos. “Ele desempenhou muito bem sua função. Foi um homem muito competente, seguindo as orientações dogoverno: uma política firme que respeita os direitos humanos”, disse o candidato a prefeito.
Ao participar do ato em Pirituba, Telhada cumpre o que havia declarado no início dessa semana, de que sairia àsruas para tentar eleger o amigo Serra. “Com certeza [vou participar da campanha de Serra]. No que ele precisar de mim. Entrei no PSDB em lealdade ao Serra, que me deu o comando da Rota quando ninguémacreditava em mim”, afirmou.

São Paulo – Pesquisa Ibope divulgada hoje (17) pela Rede Globo mostra que o candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, abriu mais oito pontos devantagem sobre José Serra (PSDB). Agora, a diferença entre os dois é de 20 pontos, 60% a 40%, se considerados apenas os votos válidos.
Levando em conta os votos totais, Haddad avançou um ponto, de 48% para49%, e Serra caiu de 37% para 33%. Parte dos que antes desejavam votar nele avalia agora a possibilidade de votar em branco ou nulo – são 13%, ante 9% na semana passada, enquanto 5% ainda não sabemem quem votar.
O Ibope ouviu 1.204 eleitores entre segunda (15) e hoje. A margem de erro é de três pontos percentuais.

São Paulo – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio...
tracking img