Liberalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3404 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Liberalismo

O liberalismo começou a tomar forma nos séculos XVI e XVII , quando o Estados Nacionais se formavam.
A principio foi uma luta pela liberdade religiosa, que deveria ser uma opção do cidadão e não uma imposição do Estado. Essa teoria tornou-se uma doutrina política a partir do momento em que pregava a limitação do poder do Estado e as liberdades individuais na sociedade. Por voltade 1800, os liberais passaram a pegar diminuição da atuação do Estado na economia , defendendo o livre mercado e o laissez-faire.

• Ampla liberdade individual: dentro dos limites constitucionais;
• Direito inalienável á propriedade privada: a propriedade era sagrada e seu dono,desde que respeitassem a lei, poderia fazer dela o que bem entendesse;
• Defesa da livre iniciativa e daconcorrência; a concorrência proporcionava uma produção maior,como menos preço e mais qualidades,eliminando do mercado os “maus empresários”. Este mecanismo seria capaz de conciliar interesses individuais e coletivos, conduzido ao progresso social;
• Democracia: os três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) deveriam atuar separados e de forma independente;
• Ordem natural da economia: a economia,assim como a natureza,se autorregula e se autogoverna sem a interferência do Estado,que é nociva. Esse principio condenava as leis de proteção dos mercados nacionais e das tarifas alfandegárias.

A partir do final da Primeira Guerra Mundial, o liberalismo passou a não atender às expectativas econômicas, pois os Estados passaram a ser um dos principais determinadores das economias nacionais ,uma situação que ocorre até os dias atuais.
Na sociedade capitalista moderna,são governadores que intervêm na economia. Alem do Estado,existem também as organizações internacionais que determinam regras e diretrizes econômicas,principalmente para os países subdesenvolvidos,como o Banco Mundial, o Fundo Monetário Internacional,entre outros.




Neoliberalismo

Quando se afirma a existênciade governos "neoliberais", a utilização do prefixo 'neo' não se refere a uma nova corrente do Liberalismo, mas à aplicação de alguns dos preceitos liberais consagrados e em um certo contexto histórico (qual seja, o contemporâneo) diverso daquele no qual foram formulados (no início do século XVII, na Inglaterra, através de John Locke). A denominação 'neoliberal' assemelha-se ao termo 'neoclássico'na História da Arte..
As origens do que hoje se chama neoliberalismo nos remetem à Escola Austríaca, nos finais do século XIX, com o Prêmio de Ciências Econômicas Friedrich von Hayek, considerado o propositor da sua base filosófica e econômica, e Ludwig von Mises.
A Escola Austríaca adotava a Lei de Say e a teoria marginalista, que veio a ser contestada, mais tarde, por Keynes, quando esteformulou, na década de 1930, sua política Keynesiana e defendeu as políticas econômicas com vistas à construção de um Estado de bem-estar social - hoje em dia também chamado, por alguns, de Estado Escandinavo - por ter sido esse caminho o adotado pelos países escandinavos (ou países nórdicos) tais como a Suécia, a Dinamarca e a Noruega e a Finlandia. Esse modelo é também chamado de welfare state, eminglês.
Mais recentemente, o liberalismo ressurgiu, em 1947, do célebre encontro entre um grupo de intelectuais liberais e conservadores realizado em Monte Pèlerin, na Suíça, onde foi fundada uma sociedade de ativistas em oposição às políticas do estado de bem-estar social, por eles consideradas "coletivistas" e, em última análise, "cerceadoras das liberdades individuais" A Mont Pèlerin Societydedica-se a difundir e propagar as ideias conservadoras e liberais da Escola Austríaca e a combater ideologicamente todos os que delas divergem. Com esse objetivo promove conferências, publica livros, mantém sites na internet e conta para isso, em seus quadros, com vários economistas com treinamento acadêmico, como Jesús Huerta de Soto, seu vice-presidente e professor da Universidade de Madrid....
tracking img