Liberalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2409 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fundamentos das ciências sociais




O Liberalismo surgiu como uma Doutrina que serviu de fundamento ideológico para as revoluções anti-absolutistas que ocorreram na Europa aos longos dos séculos XVII e XVIII e a luta pela independência dos Estados Unidos, correspondendo aos anseios do poder da burguesia, que consolidava sua força econômica, frente a uma aristocracia decadente. 
OLiberalismo defendia: a mais ampla liberdade individual, a independência entre os poderes executivo, legislativo e judiciário, a livre iniciativa e a concorrência como princípios básicos, capazes de harmonizar os interesses individuais e coletivos, enfim, promover o progresso social.
Adam Smith foi economista escocês que viveu durante o século XVIII, foi um dos mais importantes teóricos daeconomia clássica. Ele afirmava que a economia funcionaria de forma autônoma, sem a menor interferência do Estado, através da iniciativa privada. Na sua teoria econômica, Smith coloca em relevo mecanismos que ele descobre no capitalismo:
• O interesse egoísta que, traduzido em lucro, é o motor da iniciativa privada. A força motriz da atividade econômica se encontra no egoísmo humano.
• Acompetição do mercado é que regula o apetite desenfreado do lucro. Surgem novos produtores dos mesmos artigos e, diante do crescimento da oferta, baixam os preços de forma natural, e, se estabelece um nível razoável que beneficia o consumidor, impedindo a especulação abusiva.
• A lei da oferta e da procura. Os artigos oferecidos ao consumidor mantêm seus preços enquanto houver procura. Quando asnecessidades do consumidor são satisfeitas, diminui a procura e os industriais passam a fabricar outros produtos.
• A acumulação e a população. As utilidades de uma empresa determinam o crescimento do capital que serve para expandir a atividade econômica. Esta expansão cria um aumento de procura de trabalhadores, fazendo com que os salários subam, até o ponto de fazer desaparecer as utilidades. Nesteponto é que entra o papel da população, na medida em que melhoram os salários melhoram também as condições de vida do operário e baixa o índice de mortalidade infantil. Como resultado, haverá mais trabalhadores. Isto fará com que aumente a oferta de trabalho e baixem novamente os salários.
Tais mecanismos formam a base do chamado liberalismo selvagem.
O capitalismo mostrou-se incapaz defrear a ganância de lucro e, portanto, a produção e o mecanismo regulador tornaram-se demasiado lentos. Sobreveio a crise e o Estado teve de intervir.
Um dos principais fenômenos econômicos foi a crise de 1929, e é justamente neste momento que apareceu Keynes (1883-1946 ), afirmando que a crise é inerente ao próprio sistema capitalista. O Estado deve impulsionar a economia, sem substituir ainiciativa privada. Keynes aceita, portanto, um intervencionismo estatal.
O pensamento Keynesiano implica a generalização do Estado do bem- estar, entendido como um conjunto de ações públicas que tende a garantir a todo o cidadão um acesso mínimo de serviços que melhore suas condições de vida.
Neste contexto não significa dizer que no pensamento keynesiano o Estado deixe de lado odesenvolvimento econômico, para cuidar apenas da questão social de uma nação. Mas a grande linha de abordagem de Keynes era de que o Estado deveria intervir na economia para garantir o pleno emprego, e depois um desenvolvimento econômico.
As crises econômicas dos anos setenta alteram de maneira fundamental a perspectiva de intervenção do Estado. Do ponto de vista de que o Estado era a solução para osproblemas de crises econômicas, atribuía-se o excesso de intervenção do Estado, a inflação, o desemprego, a deficiência de crescimento, o que vem a preparar a crítica da intervenção estatal nos assuntos econômicos.
As raízes da crise estavam localizados no poder excessivo dos sindicatos e, de maneira geral, do movimento operário, que havia corroído as bases de acumulação capitalista com pressões...
tracking img