Letramento e analfabetismo funcional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1076 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Orientador: Professora Adriana Lilian Garcia
INTRODUÇÃO

Nós dias atuais para que um indivíduo seja inserido na sociedade atual é importante que ele saiba ler e escrever. Essas habilidades fazem se necessárias já que a sociedade organiza-se em torno de uma cultura letrada. As escolas preparam os alunos para que saibam ler e escrever, porém é cada vez maior a distância entre as exigênciassociais e as habilidades de leitura e escrita apresentadas por esses alunos.

Pretendemos aqui, discutir

TEMA
A visão do comportamento feminino das mulheres do século XIX, através da análise da personagem Capitu da obra de Machado de Assis, Dom Casmurro.

PROBLEMA DA PESQUISA
Como a personagem Capitu do romance Dom Casmurro explicita o ethos feminino do século XIX no Brasil?

OBJETIVOS• Analisar a visão que a sociedade tinha sobre as mulheres no século XIX através da análise do contexto social e histórico da personagem Capitu na obra de Machado de Assis, Dom Casmurro.
• Estabelecer uma linha comparativa entre a concepção do papel feminino na referida época e a visão contemporânea.
• Elucidar o quanto dessa visão ainda resta ou o quanto já mudou nos dias de hoje.HIPÓTESES
1. Muitos conceitos sobre o comportamento feminino que existiam no século XIX, ainda prevalecem no século XXI, isso é visivelmente retratado nos julgamentos sofridos pela personagem de Machado de Assis. Capitu, em pleno século XXI ainda é julgada conforme os padrões estabelecidos para mulheres do século XIX.

2. Capitu é a mulher que nasce no século XIX, mas que tem característicasque ultrapassam a sua época.

3. O olhar masculino do narrador Bento Santiago influencia na visão que o leitor da obra de Machado de Assis terá sobre Capitu.
JUSTIFICATIVA    

No decorrer dos séculos houve grandes mudanças em relação à visão do comportamento feminino, porém essas mudanças não foram tão extremas assim ou tão radicais.

Hoje no século XXI vivemosem uma sociedade que ainda olha para a mulher como mãe, frágil, dona de casa, entre outras características que não foram ainda dispostas do foco do comportamento feminino.

São muitas as conquistas que por mérito foram conseguidas pelas mulheres, mas ainda assim muitos também são os preconceitos envolvidos na trajetória dessas conquistas e que apesar das mudanças de gerações e séculoseles ainda são os mesmos.

Julgamos viver em uma sociedade que avançou no tempo, porém no dia-a-dia nos passa despercebido que nossos conceitos apesar de mudados na forma que os verbalizamos, são os mesmos, quando nos deparamos julgando personagens de grandes obras literárias que foram escritas séculos antes do nosso, ou até mesmo quando julgamos alguma personagem fictícia que sejainspirada em uma das personagens femininas de obras consagradas, se pararmos e analisarmos os conceitos que construímos sobre essas personagens, com certeza iríamos nos deparar com filosofias, conceitos e ideias que são características de dois séculos atrás.

FUNDAMENTAÇÃO TEORICA

Esse trabalho é fundamentado na concepção de ethos de Maingueneau. Sempre que tomamos a palavra, construímos umaimagem de nós mesmos. Não precisamos fazer um auto-retrato ou nos descrevermos explicitamente: nosso estilo, nosso jeito de expressarmos, nossas crenças implícitas são suficientes para construir uma representação de nós. Essa imagem pode facilitar ou dificultar a aceitação do discurso e ocorre constantemente no nosso dia-a-dia em qualquer ato comunicativo. A construção de uma imagem de siconstitui-se, então, peça fundamental da retórica e está fortemente ligada à enunciação “toda fala procede de um enunciador encarnado; mesmo escrito, um texto é sustentado por uma voz – a de um sujeito situado para além do texto” ((MAINGUENEAU, 2004, p. 95 ).

O projeto também será embasado no conceito de personagem de Antonio Candido. Indivíduos são personagens que possuem características pessoais...
tracking img