Leptna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6324 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Leptina


O HORMÔNIO DA OBESIDADE

Tem gente que, mesmo vivendo sob dieta, está sempre gordo; outros, comem muito, mas nunca engordam
(dizem que são "magros de ruim"). A obesidade, entretanto, é um mal que afeta grande parte da população e é diretamente responsável por várias doenças fatais.

Gordura acumulada é reserva de energia ?

Gordura corporal em excesso pode agir como umveneno, liberando substâncias que contribuem para a diabetes, doença cardíaca, hipertensão, derrame e outras doenças, incluindo alguns tipos de câncer. A obesidade e duas doenças ligadas a ela, doença cardíaca e hipertensão, estão na lista da Organização Mundial de Saúde entre as 10 maiores doenças de risco para a saúde global

O tecido adiposo é a nossa reserva de energia. Ele fornece“combustível” para que o músculo possa se contrair, utilizando
a gordura liberada pelo tecido adiposo. É o que chamamos de “queima de gordura”, ou em linguagem médica o gasto energético. A comunidade médica que lida com o problema do excesso de peso está muito interessada em que haja maior gasto energético para propiciar maior “queima” de gordura. O esquema é bastante simples: quanto mais gastarmosenergia acumulada e diminuirmos a ingestão de calorias, maior será a perda ponderal.
Existem medicamentos que aumentam o gasto energético, mas com alguns efeitos colaterais inconvenientes. A ciência
tem procurado descobrir medicamento que seja bastante eficiente no aumento do gasto energético, mas que não atrapalhe
os outros sistemas ou órgãos. Esses produtos (em estudo) são muito semelhantesaos hormônios da glândula tiroide e já estão sendo empregados em pesquisas com pacientes.

ADIPONECTINA
Uma das moléculas mais importantes fabricadas pelas células adiposas é um hormônio chamado de adiponectina,
que faz com que o corpo se torne mais sensível a insulina. Quando a pessoa se torna obesa, suas células gordurosas fabricam menos adiponectina, o porque disto ainda não está claro.Baixos níveis de adiponectina estão associados com diabetes e doença cardíaca.

COMO AGE A LEPTINA ? ( RESPONSÁVEL PELO BALANÇO ENERGÉTICO DO CORPO )

Células adiposas em ambos os sexos produzem a LEPTINA.
A LEPTINA se dirige ao cérebro onde atua em área especial chamada hipotálamo, avisando que já existe um excesso de gordura acumulada e que o indivíduo deve moderar a ingestão de comida.Esse circuito bioquímico entre a gordura acumulada e o cérebro funciona muito bem para aqueles felizes seres
humanos que são, por natureza, sempre magros.
No gordinho parece que a LEPTINA não consegue ter muito sucesso no sentido de comunicar-se com o cérebro, induzindo menor ingestão de calorias. Isso se deve à ausência ou defeito no receptor de LEPTINA no hipotálamo.

Como é adistribuição de gordura no corpo ?
ADIPOCITOS (adipo = gordura, em grego) - Os adipocitos, no corpo humano, são totalmente diferentes quanto a sua distribuição, localização, variando de acordo com o sexo feminino ou masculino.

>>> feminino - é bem característica, localiza-se no abdômen inferior, nas áreas laterais das coxas (culotes) e nos glúteos. Essa disposição de gordura envolvendo toda abacia do corpo feminino tem como finalidade a proteção de uma eventual gravidez, pois forma um “colchão protetor” em torno do útero.
>>> masculino - a gordura, quando excessiva, se acumula no abdômen. Aí encontramos dois tipos de células gordurosas. Uma facilmente palpável que é a gordura subcutânea e outra que se encontra entre as alças intestinais, formando cordões
de células adiposas -chamadas de gordura visceral.

Esta gordura visceral é a mais perigosa ?
Sim, pois produz colesterol e lipoproteínas que irão formar placas de gordura dentro das artérias coronárias. É consenso unânime entre cardiologistas e endocrinologistas que o acúmulo de gordura abdominal do tipo masculino é aquela que
oferece maior risco de futuro problema coronariano, ou seja, o infarto do miocárdio....
tracking img