Lepra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2022 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Lepra
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hanseníase
Aviso médico |
Classificação e recursos externos |
|
Um indivíduo do sexo masculino com 24 anos de idade que padecia de lepra. |
CID-10 | A30 |
CID-9 | 030 |
OMIM | 246300 |
DiseasesDB | 8478 |
MedlinePlus | 001347 |
MeSH | C01.252.410.040.552.386 |

Missionário leproso belga PadreDamien
Lepra, hanseníase, morfeia, mal de Hansen ou mal de Lázaro é uma doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae (também conhecida como bacilo-de-hansen) que afeta os nervos e a pele e que provoca danos severos. O nome hanseníase é devido ao descobridor do microrganismo causador da doença Gerhard Hansen. O termo Hanseníase foi introduzido no Brasil pelo Professor Titular daUniversidade Federal de São Paulo, Abrahão Rotberg. É chamada de "a doença mais antiga do mundo", afetando a humanidade há pelo menos 4000 anos[1] e sendo os primeiros registros escritos conhecidos encontrados no Egito, datando de 1350 a.C..[2] Ela é endêmica (específica de uma região) em certos países tropicais, em particular na Ásia. O Brasil inclui-se entre os países de média endemicidade de leprano mundo. Isto significa que apresenta um coeficiente de prevalência médio superior a um caso por mil habitantes (dado desatualizado)(MS, 1989).[3] Os doentes são chamados leprosos, apesar de que este termo tenda a desaparecer com a diminuição do número de casos e dada a conotação pejorativa a ele associada.[carece de fontes?]
A lepra é uma doença contagiosa, que passa de uma pessoa doente, quenão esteja em tratamento, para outra. Demora de 2 a 5 anos, em geral, para aparecerem os primeiros sintomas. O portador de hanseníase apresenta sinais e sintomas dermatológicos e neurológicos que facilitam o diagnóstico. Pode atingir crianças, adultos e idosos de todas as classes sociais, desde que tenham um contato intenso e prolongado com bacilo. Pode causar incapacidade ou deformidades, quandonão tratada ou tratada tardiamente, mas tem cura. O tratamento geralmente é fornecido por sistemas públicos de saúde (como o brasileiro Sistema Único de Saúde).
Índice [esconder]  * 1 História * 2 Epidemiologia * 3 Transmissão * 4 Progressão e sintomas * 4.1 Lepra tuberculóide * 4.2 Lepra lepromatosa (ou lepra virchowiana) * 5 Tratamento * 5.1 Indenização às vítimas noBrasil * 5.2 Talidomida * 6 Ligações externas * 7 Notas * 8 Referências |
História

O uso de sino era obrigatório para os leprosos na Idade Média.
Hipócrates utilizou pela primeira vez a denominação léprêã quando descreveu manchas brancas na pele e nos cabelos. Entretanto, em nenhum momento informou sobre manifestações neuronais; provavelmente estivesse se referindo ao vitiligo. Adenominação léprêã é utilizada na Bíblia hebraica como tsaraáth tendo o significado de desonra, vergonha, desgraça. No Egito Antigo, há referências a essa doença há mais de 3000 anos, em hieróglifos de 1350 a.C. A Bíblia contém passagens fazendo referência ao nome léprêã, mas este termo foi utilizado para designar diversas doenças dermatológicas de origem e gravidade variáveis. A antiga lei israelitaobrigava os sacerdotes a saberem reconhecer a doença. As descrições mais precisas da lepra, porém, datam de 600 anos a.C. (Tratado Médico Indiano de Sushrata Samhita denomina-a kushta) onde ja eram descritos dois grupos principais: Vat Rakta, que apresentava manifestações predominantemente neurais; e Aurun Kushta onde eram observadas características virchowianas.[carece de fontes?]
A lepra foidurante muito tempo incurável e muito mutiladora, forçando o isolamento dos pacientes em gafarias (português europeu) ou leprosários (português brasileiro), principalmente na Europa na Idade Média, onde eram obrigados a carregar sinos para anunciar a sua presença. A doença deu, nessa altura, origem a medidas de segregação, algumas vezes hereditárias, como no caso dos Cagots no sudoeste da...
tracking img