Lelatorio de ong

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1189 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Este trabalho tem a intenção de documentar nossa experiência no decorrer do período em que vivenciamos na prática tudo que aprendemos na teoria.
Será descrito abaixo informações referente à instituição que visitamos e suas principais dificuldades.
A instituição visitada foi o Lar do Menor que tem a grande tarefa de educar, formar cidadão e ensinar valores, através de seusprofissionais independentes se voluntários ou não, que buscam suprir a ausência dos pais, sentidas pelas crianças e jovens que ali vivem.
Temos também o intuito de mostrar algumas das dificuldades apresentadas na ONG, que por sua vez busca de outras formas suprir tais necessidades, mas não escondem tamanha insatisfação em falar do assunto.

LAR DO MENOR DE CARAPICUÍBA
Ainstituição lar do Menor de Carapicuíba foi fundada no dia 05/07/1977, legalizada há 35anos, e fica na rua: Campinas em Carapicuíba. Administrada pela senhora Ana Rita Nascimento.
Neste lar abriga 28 crianças todas são encaminhadas para adoção, no entanto nem todas são adotas e acabam crescendo no local, mas esse não é o objetivo da instituição, seu principal objetivo é oferecer condições básicasda vida social, recreação, alimentação e desenvolvimento, ensino regular em escolas conveniadas a instituição, transportes, convenio médico e odontológico.
Observando ainda que, dentro da instituição, vivem crianças de famílias desestruturadas, com pais drogados, presos e outras demais. Para poder orientar essas crianças, a instituição trabalha com método de acompanhamento da assistente social,psicóloga e outros, com intuito de solucionar futuros problemas que possam surgir por falta da ausência da família, pois o lar do menor, ainda trabalha buscando métodos de socialização por vários meios a fim de fazer com que a criança venha retornar ao lar de sua família tentando recuperar aquilo que se perdeu.
Visando ainda que os projetos são desenvolvidos pela coordenação, que tem como objetivobuscar relações sociais e projetos com a comunidade em diversos cursos como: bateria, futsal, capoeira com a participação das próprias crianças da instituição.
Durante todo o ano, as crianças e jovens tem o direito ao lazer como: passeio, férias, comemorações de aniversario, praia, teatro, musica e etc. Para que esses projetos possam acontecer, o abrigo tem como órgão mantenedor em memória o SrPiter Mart dono da empresa Semikron. Dela recebe grande doação e tem parcerias com outras empresas.
Estas parcerias visão o futuro destas crianças, para quando chegarem à adolescência possam trabalhar e obtiver sua renda para planejar um futuro melhor e poder construir uma família.
A entidade é sem fins lucrativos, somente através de doações de empresários, e voluntários em datas comemorativas,mas o que as pessoas não entendem que a criança não precisa somente nesse momento e sim no ano todo.
Mas nem tudo na ONG é vitorias, pois a mesma sofre muito com alguns projetos que não tem um resultado positivo, em ter que da as pessoas que dependem de La algumas assistências que fogem de seus objetivos como, por exemplo, não conseguir pessoas qualificadas para adotar muitas de suas criançasque acabam saindo de lá para um emprego onde possa se sustentar mais infelizmente sem ter uma família a qual possa ter referência.
Outra questão é em relação às pessoas que se prontificam em ser voluntários que segundo a representante da ONG Ana Rita Nascimento, torna se a principal dificuldade encontrada pela ONG uma vez que não recebe nenhuma ajuda de custo de órgãos governamentais para manterseus projetos dependem de primeira mão de pessoas que se habilitem a desenvolverem. Dona Ana Rita Nascimento em resposta a nossa questão de por que na opinião dela essas pessoas não arcam com tais responsabilidades? Sua resposta foi bem objetiva: “porque não são capazes de assumir um compromisso que lhes exigem ser responsável por algo ou por alguém, alem disso a vida que levam não lhes permitem...
tracking img