Leis de kirchhoff

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2266 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ

DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA

CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA










EXPERIMENTO 01








ATIVIDADE DE LABORATÓRIO




















CURITIBA
2011

EXPERIMENTO 01




Integrantes do grupo:

- Ettore Glitz
- Francisco Maria Lopes
- Guilherme Schmidt


Professor: Álvaro AlencarDisciplina: Introdução à engenharia (ET61B – S21)





























CURITIBA
2011




SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO___________________________________________________________ 04

2 MATERIAIS E EQUIPAMENTOS UTILIZADOS____________________________ 07

2 DESENVOLVIMENTO____________________________________________________ 07

3RESULTADOS___________________________________________________________ 09

4 CONCLUSÃO____________________________________________________________ 11

5 REFERÊNCIAS__________________________________________________________ 11






































1. INTRODUÇÃO:

Este relatório mostra os procedimentos adotados e os resultados obtidos no Experimento01, realizado em um dos laboratórios do curso de engenharia elétrica. Os principais objetivos desse experimento foram familiarizar os alunos com instrumentos de medição das grandezas básicas da engenharia elétrica, entender o funcionamento das bancadas e conhecer os cuidados que devem ser tomados na realização de experimentos com eletricidade.
Nesta atividade experimental, foram utilizadosalguns assuntos abordados no curso de física 3 do ensino médio como: A primeira Lei de Kirchhoff (Lei dos Nós), A segunda Lei de Kirchhoff(Lei das malhas), A primeira Lei de Ohm, associação em série e paralelo de resistores.
“Nó” é o ponto de um circuito elétrico onde mais de dois fios condutores estão interligados. A primeira Lei de Kirchhoff, também chamada de Lei dos Nós, afirma que emqualquer intervalo de tempo, a quantidade de elétrons que chega a um nó de um circuito elétrico é igual à que sai dele. Então, a soma das intensidades das correntes elétricas que chegam ao nó também é igual à soma das que dele saem. Isso pode ser representado pela figura 1, abaixo.
[pic]

Figura 1 – Representação do nó, fios condutores e correntes.

Pela primeira Lei de Kirchhoff, podemosafirmar, na figura 1, que i1 = 12 + i3.

A segunda Lei de Kirchhoff, também chamada de Lei das Malhas, afirma que a tensão aplicada a um circuito fechado é igual ao somatório das quedas de tensão naquele circuito.
Ou seja: a soma algébrica das subidas e quedas de tensão é igual a zero. Portanto, se temos o seguinte circuito:

[pic]
Figura 2 – Circuito elétrico, tensão aplicada (VA) eresistores (R1, R2, R3).
Podemos dizer que VA = VR1 + VR2 + VR3.


A primeira Lei de Ohm, assim designada em homenagem ao seu formulador Georg Simon Ohm, indica que diferença de potencial (V ou U) entre dois pontos de um condutor é proporcional a corrente elétrica (I). Quando essa lei é verdadeira em um determinado resistor, este se denomina resistor ôhmico ou linear.








A resistênciade um dispositivo condutor é dada pela equação:

| |(1) |
|[pic] | |


Onde:
V é a diferença de potencial elétrico (ou tensão, ou ddp) medidaem Volts.
R é a resistência elétrica do circuito medida em Ohms.
I é a intensidade da corrente elétrica medida em Ampéres.
Observemos o circuito da figura 2, apresentada a seguir:
[pic]
Figura 3 – Circuito Elétrico.
A diferença de potencial V, dividida pela corrente elétrica I, é a resistência do resistor R, denominada Primeira Lei de Ohm, que também pode ser representada pela equação:

|...
tracking img