Leis de caux

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1747 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Caux Round Table Principles for Business (Portuguese Translation) OS PRINCÍPIOS DE CAUX COMPORTAMENTO EMPRESARIAL PARA UM MUNDO MELHOR

Introdução
Este documento foi elaborado pela Mesa Redonda de Caux, um grupo internacional de executivos do Japão, Europa e Estados Unidos que se encontra todos os anos em Caux, Suiça, e que acredita que a Comunidade Internacional de negócios pode representarum papel importante no melhoramento das condições econômicas e sociais. Como síntese de aspirações não se pretende reflectir a realidade, mas expressar uma regra mundial em função da qual o desempenho das empresas possa ser considerado. No final, os membros procuram iniciar um processo que indentifique valores compartilhados e reconcilie valores divergentes, de modo que todos possamos marchar parao desenvolvimento de uma perspectiva participativa no comportamento dos negócios, que seja aceita e respeitada por todos. Estes princípios se fundamentam em dois ideais éticos: o princípio japonês do KYOSEI e o conceito mais ocidental de DIGNIDADE HUMANA - de tal forma que seja possível a cooperação e a prosperidade mútua coexistindo com a concorrência justa e saudável. DIGNIDADE HUMANA se refereao valor sagrado de cada pessoa humana como um fim, e não simplesmente como um meio para ourtas pessoas se servirem dela para outros propósitios ou mesmo - no caso dos direitos humanos básicos - por preceito majoritário. Os Princípios Gerais intermediários da Secção 2 ajudam e esclarecer o espírito da KYOSEI e da DIGNIDADE HUMANA, enquanto que os Princípos do Investidor da Secção 3, maisespecificos, represnetam uma forma práctica de aplicar os ideais da KYOSEI e da DIGNIDADE HUMANA. O Comportamento empresarial pode afetar o reiacionamento entre as nacões e a prosperidade e bem estar de todos nós. Os negócios são, muitas vezes, o primeiro contato entre as nações e pela forma que causam mudanças econômicas e sociais, têm um impacto significativo no nível de confiança ou descontiança daspessoas em todo o mundo. Os membros da Mesa Redonda de Caux depositam sua ênfase primordial em cada um colocar primeiro a sua a casa em ordem, procurando o que está certo e quem está certo.

SECÇÃO 1. PREÃMBULO

A mobilidade do emprego e do capital está convertendo os negócios em atividades crescentemente globais em suas transações e em seus efeitos. As forcas das leis de mercado, em talcontexto, são guias de conduta necessárias mas insuficientes. A responsabilidade pelas ações e políticas de uma corporação e o respeito pela dignidade e pelos interesses de seus investidores são fundamentais. E valores compartilhados, incluindo um compromisso de prosperidade em parceria, são tão importantes para uma comunidade global como para comunidades de escala menor. Por todas as razões acima, eporque os negócios podem ser um poderoso agente de mudanças sociais positivas, oferecemos os principios seguintes como uma base para o diálogo e ação a serem desenvolvidos por líderes de responsabilidade empresarial. Assim procedendo, afirmamos a legitimidade e a importância dos valores morais na tomada de decisões econômicas porque, sem elas, torna-se impossível o relacionamento estável nastransações e a sustentação de uma comunidade mundial. SECÇÃO 2. PRINCÍPIOS GERAIS 1° PRINCÍPIO. As responsabilidades das empresas: de acionistas a investidores. O papel de uma empresa é criar riqueza e emprego e prover produtos e serviços mercadizados para os consumidores a um preço razoável, sem prejuízo da qualidade. Para desempenhar esse papel, a empresa deve manter sua saúde ecônomica e sua viabilidade,mas a sua sobrevivência não é um fim em si mesma. A empresa também tem um papel a cumprir, contribuindo em favor de todos so seus cleintes, empregados e acionistas, e dividindo com eles as riquezas criadas. Fornecedores e competidores igualmente devem esperar negociadores que honrem as suas obrigações em um espírito de honestidade e justiça. E quanto aos cidadãos responsáveis das comunidades...
tracking img