Lei sarbanes oxley

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 64 (15824 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

Diante de um cenário caótico quase que sem regras e fiscalização, onde empresas maquiavam seus resultados financeiros para conseguir o super faturamento de suas contas, fazendo com que os acionistas e cotistas desavisados caisem em armadilhas finaceiras que propiciavam o enriquecimento ilícito de poucos, a Sox surgiu como uma chance de resgatar nas entre linhas dos relatóriosfinanceiros a transparência dos mesmos e a confiança dos investidores do mundo inteiro. Para isso, suas regras e normas fazem com que algumas profissões chave no negócio sejam co-responsáveis por suas atitudes profissionais atestando a veracidade dos relatórios que emitem. À auditoria independente ficou “reservado” o restabelecimento de sua imagem e credibilidade, o aumento da responsabilidade eprincipalmente de sua independência para com a empresa a ser auditada e renovadas normas de auditoria.

Palavras-Chave: independência, Lei Sox, auditoria

ABSTRACT

Faced with a chaotic scene that almost no rules and supervision, where companies makeup its financial results for achieving super sales of their accounts, causing investors and shareholders financially imprudent berth in traps that providedillicit enrichment of a few, the Sox emerged as a chance to recover between the lines of financial reporting their transparency and investor confidence worldwideFor this, its rules and make some key professions in the business are co-responsible for their professional attitudes attesting to the veracity of the reports they issue. In the independent audit was "reserved" to restore its image andcredibility, increased responsibility and independence primarily to the company being audited and renewed auditing standards.

Keywords: independence, Sox Act, audit

LISTA DE ILUSTRAÇÕES

QUADRO 1 – Comparativo dos requisitos de governança entre a Sox e a Legislação SoceitáriaBrasileira..................................................................................................................11

QUADRO 2 – Tendência de modelo atual de governança corporativa....................................16

QUADRO 3 – Tendência de modelo emergente de governança corporativa...........................17

QUADRO 4 – Tendência de modelo mercado de governança corporativa..............................18

QUADRO 5 – Beneficiosdo Cobit – área da Tecnologia da Informação e Audirtoria............24

QUADRO 6 – Elementos da TI................................................................................................25

QUADRO 7 – Comparação do Comitê de Auditoria segundo a Lei Sarbanes-Osley e a Resolução daCMN..................................................................................................................31


LISTA DE SIGLAS

AICPA - American Institute of Certified Public Accountants
APR - Análise Preliminar de Riscos
AUDIBRA - Instituto dos Auditores Internos do Brasil
BACEN - Banco Central do Brasil
CEO - Chief Executive Office
CFC - Conselho Federal de Contabilidade
CFO - ChiefFinancial Office
CMM - Capability Maturity Model
CMN - Conselho Monetário Nacional
COBIT - Control Objectives for Information and Related Technologies
COSO - The Committee of Sponsoring Organizations
CRC - Conselhos Regionais de Contabilidade
CVM - Comissão de Valores Mobiliários
ERM - Enterprise Risk Management
IASB - International Accounting Standards Board
IBGC - Instituto Brasileirode Governança Corporativa
IBRACON- Instituto dos Auditores Independentes do Brasil
IFAC - International Federation of Automatic Control
IGC - Índice de Ações com Governança Corporativa Diferenciada
ITAG - Índice de Ações com Tag Along Diferenciado
ITIL - Infomation Technology Infrastructure Library
ISACA - Information Systems Audit and Control Association
NBC T 11 – Normas de Auditoria...
tracking img