Lei maria da penha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (272 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Lei Maria da Penha Assistentes Sociais no atendimento a violęncia doméstica

Assistentes Sociais no atendimento a violęncia doméstica
A categoria tem um importantepapel a cumprir, inclusive na luta pela aplicação da Lei Maria da Penha e na ampliação da rede de serviços públicos
A Casa Eliane de Grammond é um novo paradigma na lutacontra a violência de gênero, apesar de inaugurada em 1990. Conhecida por ser o primeiro centro público de referência e atendimento integral às mulheres nos casos deviolência doméstica e sexual do país, a casa está na luta pela construção de uma rede de atendimento e enfrentamento à violência, contra as mulheres baseada na Lei Maria daPenha (Lei 11.340), aprovada em 2006.
“Nesse processo, o trabalho dos(as) assistentes sociais é de fundamental importância e deve ser ampliado”, afirma Maria Elisa dosSantos Braga Stamtacchio, coordenadora da Casa. Como compromisso ético-profissional, o(a) profissional da área luta contra todos os tipos de opressão, de forma que tem umavisão ampla de direitos humanos e políticas públicas, algo valioso, que complementa o trabalho dos demais profissionais das casas de atendimento à mulher, avalia ela.
ALei Maria da Penha é, nesse sentido, um importante instrumento, que os assistentes sociais devem conhecer profundamente e do qual precisam se apoderar. O Estado reconhecefinalmente que a violência doméstica e familiar não é um assunto privado, mas uma questão de ordem pública e cria mecanismos para coibi-la, por exemplo, através daampliação dos serviços de assistência e dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, que requer uma equipe de atendimento integrada e multidisciplinar.
tracking img