Lei maria da penha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (403 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Violencia contra mulher . aut. Maria Berenice Dias talvez muitos não saibam porque a lei 11.340/2006 é chamada de Maria da penha a justificativa é dolorosa, pois a farmacêutica Maria da Penha MaiaFernandes foi mais uma das tantas vitimas da violencia domestica deste pais. como muitas outras mulheres ela reiteradamente denunciou as agressões que sofreu . chegou a ficar com vergonha de dizer quetinha sido vitima de violencia dosmetica e pensava : se não aconteceu nada até agora , é porque ele,o agressor, tinha razão de ter feito aquilo mas ,ainda assim,não se calou . em face da anércia dajustica maria da penha escreveu um livro , uniu-se ao movimento de mulheres e, como ela mesmo diz ,não perdeu nenhuma oportunidade de manifestar sua indignação .por duas vezes , seu marido , o professoruniversitario e economista m.a.h.v.,tentou mata-lá .na primeira vez ,em 29 de maio de 1983, simulou um assalto fazendo uso de uma espingarda . como resultado ela ficou paraplégica.após alguns dias,pouco mais de uma semana , nova tentativa , buscou eletrocutá-la por meio de uma descarga elétrica equanto ela tomava banho .tais fatos aconteceram em fortaleza , ceará .as investigações começaram emjunho de 1983, mas a denuncia só foi ofericida em setembro de 1984 .em 1991 , o réu foi condenado pelo tribunal do juri a oito anos de prisão . alem de ter recorrido em liberdade ele , um ano depois ,teve seu julgamento anulado . levado a novo julgamento em 1996, foi lhe imposta a pena de dez anos e seis meses após os fatos , em 2002 , é que m.a.h.v.foi preso . compriu apenas dois anos de prisão.até o advento da lei maria da penha ,a violência domestica não mereceu a devida atenção , nem da sociedade , nem do legislador e muito menos do judiciário . como eram situações que ocorriam nointerior do "lar, doce lar", ninquém interfiria . final , em briga de marido e mulher ninquém põe a colher ! a criação dos juizes especias para o julgamento de delitos menores foi determinada pela...
tracking img