Lei de cotas para portadores de necessidades especiais e lei do aprendiz

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (959 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA
LEI DE COTAS PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS E LEI DO APRENDIZ

POSICIONAMENTO: A FAVOR

Certamente há um grande impasse sobre a Lei de Cotas paraportadores de necessidades especiais (Lei 8213/91) e a Lei do Aprendiz (Lei 10097/2000), estipulada pelo governo para empresas com mais de X funcionários. A meu ver, existem três aspectos que devem serconsiderados. O primeiro deles é o questionamento se o Governo está repassando sua responsabilidade de integrar à sociedade as pessoas com algum tipo de necessidade especial, bem como o direcionamentoao primeiro emprego/formação profissional do menor aprendiz.
Posiciono-me favorável a aplicação das Leis, pois a iniciativa privada tem enorme poderio para absorção e integração desses profissionaisno mercado de trabalho. No caso dos portadores de necessidades especiais (PNE’s), executar tarefas junto aos demais colaboradores diminui a “diferença” e o preconceito que essas pessoas sofrem. Se oGoverno fizesse um projeto que envolvesse apenas um grupo específico significaria que essas pessoas ficariam ainda mais estigmatizadas pelo termo “deficiente” tanto no sentido de deficiência físicaquanto da falta de eficiência. O que não é verdade, visto que eles possuem capacidade de executar suas tarefas com qualidade, respeitadas suas limitações. Já os jovens aprendizes, ao entrarem cada vezmais cedo no mundo corporativo, desenvolvem responsabilidades e metas, afastando-se de perigos sociais como droga, violência, etc.
É responsabilidade do Estado oferecer ensino digno, qualificandoambas as classes a ocuparem cargos nas empresas. E é compromisso das empresas designar tarefas compatíveis às habilidades de cada classe, estimulando o desenvolvimento de ambas. Hoje o que se vê sãoPNE’s longe das escolas, porque não possuem educadores qualificados que os acompanhe no processo de aprendizado, respeitando suas limitações, e empresas divulgando vagas sem encontrar profissionais...
tracking img