Lectio divina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5954 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
LECTIO DIVINA PASSO A PASSO

LECTIO DIVINA
O que é?
Os antigos monges da Igreja encontraram um método muito simples e eficaz de orar com a Bíblia, adaptado à vida de silêncio e intimidade com Deus que levavam. A tradição chamou tal método de “Lectio Divina”. Na verdade este método é a base de todos os outros que apareceram na história da espiritualidade, e continua sendo atual e eficaz, aindaque hoje há quem diga que o método tende a tornar mecânica a oração, demasiadamente metódico. Mas a Lectio não está superada.
Por Lectio Divina se entende uma leitura atenta e devota da Sagrada Escritura. O adjetivo “divina” é devido ao objeto da leitura: a Palavra de Deus. É uma leitura da Palavra feita num contexto de oração, para poder escutar aquilo que Deus quer nos dizer, para conhecer asua vontade e viver melhor o discipulado.
A Lectio Divina deve nos levar a escavar, entrando sob a crosta do escrito, para descobrir aí o rosto de Deus. Não teorias, portanto, mas enamoramento. Quem pratica a Lectio, ensina Gregório Magno, pode chegar a atingir dois fins: a plenitude do livro ou a plenitude do Verbo. O primeiro diz respeito à compreensão da palavra escrita, enquanto que o segundoprogride em direção à Palavra viva. “A oração não é um capricho do homem, mas é a vontade de Deus que a ela nos atrai, porque todo bom presente e todo dom vem do alto e desce do Pai da luz” (Tg. 1,17), sem o qual não podemos fazer nada, por isto é necessário que antes de iniciar a Lectio Divina devemos invocar o Espírito Santo, porque sem a sua ajuda, não é possível descobrir o sentido que aPalavra de Deus tem para nós hoje.
Os passos da Lectio
Guido II, Prior da  Grande Cartuxa (1173-1180),  descrevia o itinerário da Lectio Divina da seguinte maneira: « Procurai, lendo, e encontrareis, meditando; chamai, orando e abrir-se-vos-á pela contemplação». E, mediante bela metáfora, descreve  as etapas da «Lectio Divina»: « A leitura ( da Bíblia)  leva à boca o alimento sólido; a meditaçãocorta-o e mastiga-o;  a oração saboreia-o, a contemplação é  doçura que alegra e recria».

1. INVOCATIO
Antes de abrir a Bíblia, ora ao Espírito Santo: recorda que a Palavra escrita no Espírito deve ser compreendida no Espírito. Podes invocá-lo com um canto, com palavras que fluem do teu coração, ou com a oração da Igreja: “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis, e acendei neleso fogo do vosso amor.
V. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado.
R. E renovareis a face da terra.
2. LECTIO
Ler e reler com tranquilidade a página da Sagrada Escritura escolhida, sublinhando as palavras ou os elementos mais importantes (repetição de nomes, coisas, lugares) e perguntar-se: o que diz o texto em si mesmo?
3. MEDITATIO
É a fase do diálogo com o texto sagrado,perguntando-se: o que me diz o texto? É a fase em que se recolhe os textos paralelos ao texto escolhido, o momento de descobrir os valores e as mensagens espirituais da Palavra de Deus: é hora de saborear a Palavra de Deus e não apenas estudá-la. Você, diante de Deus, deve confrontar este trecho com a sua vida. A meditação, segundo Santa Teresa, consiste  em «discorrer muito com o entendimento».Por meditaçãoentendemos  o esforço indispensável para descortinar as verdades contidas no texto proclamado. A  meditação tem como objetivo  responder à pergunta: «que me quer  Deus dizer»? Consiste, portanto, em  procurar  a verdade de Deus escondida no texto, à imagem de  Nossa Senhora, que «guardava todas as coisas no  coração».  Guido, o Cartuxo, descreve assim as duas primeiras etapas  da «lectio divina»: a«leitura busca; a meditação encontra. Entra pelo caminho aberto através da leitura e  encontras o que esta tinha procurado». Os Santos Padres  explicam  que a meditação da Palavra de Deus ajuda  a encontrar nela «   um alimento doce e nutritivo»,      como a abelha  que, depois de ter sugado as flores, fecha-se no seu favo e faz o mel de que todos beneficiam, pobres e ricos, nobres e humildes»....
tracking img