Lavoura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2565 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Unidade Taguatina/Noturno
LETRAS

ANÁLISE DA OBRA LITERÁRIA
LAVOURA ARCAÍCA

Brasília DF
2011

Unidade Taguatina/Noturno
LETRAS

ANÁLISE DA OBRA LITERÁRIA
LAVOURA ARCAÍCA

Brasília DF
2011
SUMÁRIO

Introdução 4
Justificativa 5
Objetivo geral 6
Objetivos específicos 6
Metodologia 7
1. Pai(Iohána) 8
2. A Família 9
2.1 A família em Lavoura Arcaica 9
3. Ana 11
4. ODESEJO EDÍPICO 12

Introdução

Lavoura Arcaica é uma narrativa que enfatiza as relações familiares e nos chama a atenção a algo que o move e dilacera: o desejo, essa palavra que nos remete ao prazer, a dor, a alegria, a sofrimento. É através dela que a Lavoura nasce e é por ela que a Lavoura morre.
Esse desejo que caustifica as personagens de André e Ana é o sustentáculo das relaçõesde toda uma família, ele é o vértice pelo qual as outras relações se fundamentam, ainda que de forma alheia. Tudo na lavoura é cheio de pragas, desde a partida de André até sua volta, basta atentar para os aspectos doentios e perturbadores desse relacionamento familiar. Dentro desse discurso Lavoura é construída e constrói os que nela estão inseridos.
O desejo vai permeando a vida daspersonagens de forma diferenciada e nos faz observar que cresce em cada um de acordo com o discurso que fora absorvido distintamente. Em Pedro, irmão mais velho de André, nasce o desejo de manter a família unida e de seguir os passos do pai terreno e do Pai altíssimo; em Ana o desejo aparece como um desejo carnal e também espiritual, porque nela eles se confundem e criam uma aura do que é lascivo e sublime.Na mãe vê-se um desejo latente ao mesmo tempo recalcado por André seu filho preferido. No pai, o desejo de uma família aos moldes das famílias sagradas judaica cristã e em André por fim, vê-se a maior das representações do desejo nesse romance, o desejo recalcado que antes sentia por sua mãe, ser aflorado e explodir por Ana.

Justificativa

O estilo desse autor em especial traz para as salasde aula a temática das relações familiares, do incesto e do erotismo na literatura.

Objetivo geral
Analisar a obra Lavoura Arcaica de Raduan Nassar.

Objetivos específicos
Este estudo tem como objetivo fazer uma análise das relações familiares, do incesto e do erotismo dentro da obra.

Metodologia

Na busca de um desenvolvimento com maior qualidade houve pesquisa em livros, artigose na própria obra do autor para que possamos ter suporte para realizar um debate com fundamento.

1. Pai(Iohána)

A figura do pai em Lavoura Arcaica é a representação do pai admirado e temido pelos filhos, que segue as regras e as impõe sem dor ou piedade, preocupado e zeloso, mas que reprimi em todos que estão sob sua tutela o que é próprio do ser humano: o desejo, não só o desejoespiritual, mas principalmente o carnal. Tudo em Lavoura arcaica nasce e morre diante do pai:

O pai à cabeceira; à direita por ordem de idade, vinha o primeiro o Pedro, seguido de Rosa, Zuleika, e Huda; à sua esquerda, vinha mãe, em seguida eu, Ana, e Lula, o caçula. (NASSAR, 2006,p.154).

Dentro de suas regras há a ovelha desgarrada, André, que embora o respeite e admire, tem seus instintosaflorados e não pretende privar-se da essência do seu ser para seguir regras. Entretanto, era impossível fugir do destino e André sabia disso, retorna ao lar, ao poder do pai, mas já não fez mais nada em nome dele, vive, ainda que com ressalvas a alegria da liberdade.
Todo sofrimento de desejo reprimido vivido por André e sua tentativa de não decepcionar seu pai são frustradas quando este descobre oincesto em sua própria família:

“(...) mas era o próprio patriarca, ferido nos seus preceitos, que fora possuído de cólera divina (...) era o guia, era a tábua, solene, era a lei que se incendiava” (NASSAR, 2006,p.191).

Percebemos este recalcamento dos desejos explicitado na fala do pai:

O mundo das paixões é um mundo do desequilíbrio, é contra ele que devemos esticar o arame das...
tracking img