Lavoisier

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2837 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Química

Escola Estadual José Pereira de Faria
Aluna: Kálita Mendes Santana Torres
Disciplina: Química Prof : Gilvan
Série: 1 ano

AntoIne

LaurenT

Lavoisier

Antoine Laurent Lavoisier (1743-1794)

Introdução

Lavoisier nasceu no dia 26 de agosto de 1743 em Paris e faleceu no dia 8 de maio de 1749 também em Paris.
Teve uma excelente educação, era católico eformou-se em direito. Nunca chegou a ser advogado, pois optou pela ciência. A química moderna assim explica: há uma combinação das substâncias e não uma decomposição. Contudo, esse ponto era ignorado pela Ciência de antes do século XVII, que dava maior ênfase aos aspectos qualitativos, desprezando as quantidades.
Considerado o pai da Química, Antoine Lavoisier foi o primeiro a observar que ooxigênio, em contato com uma substância inflamável, produz a combustão. Deduziu, também, baseado em reações químicas, a célebre lei da conservação da matéria: "Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma" Com outros estudiosos, Lavoisier tentou ainda encontrar uma linguagem própria para a química.
Em 1773, colocou um metal dentro de um vaso, fechou-o hermeticamente e, por pesagem,determinou-lhe a massa.
Depois, levou-o a um forno de alta temperatura, e em seguida pesou-o novamente.
Não houvera alteração de massa, apesar de o metal ter-se combinado com o oxigênio do ar, formando um óxido.
Repetiu a experiência muitas vezes, provocou outras reações, medindo sempre com balanças a massa das substâncias a serem testadas, e a massa dos produtos obtidos.
Concluiu que a massa dassubstâncias que entram numa reação química é sempre igual à das substâncias que resultam do processo. Nada se perde e nada se cria. Estava estabelecido o Princípio da Conservação da Massa.
Muito mais tarde, em 1905, Einstein mostrou que a energia possui como a matéria, a propriedade da inércia ou massa. Conforme concluíra Lavoisier, ao nível das reações químicas a matéria não desaparece: apenas setransforma.



Vida

Químico francês, filho de um rico negociante, estudou no colégio Mazarin, iniciando-se depois em matemática e astronomia, química e física experimental. A essa formação acrescentaram-se estudos de botânica e geologia, concluídos em 1764. Quatro anos mais tarde ingressava na Académie des Sciences: esta o havia distinguido com um prêmio (1766) por seu trabalho"Mémoire sur le meilleur système d'éclairage de Paris" (Relatório sobre o melhor sistema de iluminação de Paris). Em 1779, tornou-se coletor de impostos e foi nomeado inspetor geral das pólvoras e salitres, ao mesmo tempo em que se dedicava a algumas de suas experiências químicas mais notáveis. Membro da comissão de agricultura, de 1785 a 1787, aplicou-se ao estudo dos problemas de economia e daquímica agrícolas, e em 1789 era eleito deputado suplente aos Estados Gerais, integrando, no ano seguinte, a comissão para o estabelecimento do novo sistema de medidas.Ao jovem Antoine Laurent de Lavoisier cabe o mérito da introdução do novo método na experimentação química. Gênio versátil, filho de rica família, Lavoisier cedo ficaria órfão de mãe. O pai e a tia, que o educaram, preferiam que eleestudasse Direito, e o encaminharam ao Colégio Mazzarino. Ao passar para a universidade, o interesse pela ciência prevaleceu. Era o começo de uma revolução dos métodos científicos.




Antoine Lavoisier
(1743 - 1794)
Etapas históricas

Na antiguidade, a água era considerada um elemento, não uma substância.Essa idéia perdurou até o século XVIII, quando Lavoisier conseguiu demonstrar que, na realidade, a água era um composto químico constituído de dois elementos, combinados em proporções fixas. Se o termo "química" evoca imediatamente os conceitos de átomo, molécula, reações que conduzem à formação de novas substâncias ou à decomposição daquelas já conhecidas, no final do século XVIII surgiria...
tracking img