Laudo psicológico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 8 (1901 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU
CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - CCS
DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA


























LAUDO PSICOLÓGICO














Diandra Volpi
Valéria G. P Zadrozny










BLUMENAU
2011


Diandra Volpi
Valéria G. P. ZadroznyLAUDO PSICOLÓGICO








Trabalho apresentado para avaliação na disciplina de Psicologia Jurídica do Curso de Psicologia do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Regional de Blumenau.


Prof. Lorena de Fátima Prim














BLUMENAU
2011SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 4
1.1 jUSTIFICATIVA 4
1.2 OBJETIVO 4
1.3 METODOLOGIA 4
2 REVISÃO LITERÁRIA 5
3 SÍNTESE DOS DADOS COLETADO 7
4 CONSIDERAÇÕES FINAIS 9
5 ANEXOS 10
5.1 eNTREVISTA COMPLETA 10
5.2 MODELO DE LAUDO PSICOLÓGICO 11
REFERÊNCIAS 15









































1. INTRODUÇÃO

1.1 JUSTIFICATIVA


O presente trabalhotem por finalidade uma aproximação ao laudo psicológico, buscando conhecer os elementos positivos e os adversos que compõem o mesmo, bem como dividir os saberes da psicologia sobre este tema.


O laudo psicológico, conforme a resolução 17/2002, é um documento que deve ser conciso e minucioso ao mesmo tempo que abrangente, pois deve relatar, analisar e integrar os dados colhidos no processode avaliação psicológica, tendo por finalidade apresentar um diagnóstico e um prognóstico para subsidiar ações, decisões ou encaminhamentos.


Muitos profissionais que precisam elaborar este tipo de documento, não possuem a necessária experiência e acabam não utilizando a resolução que orienta a elaboração do documento, o que leva a erros que podem gerar denúncias ao Conselho, o que pode atéresultar na perda do seu registro profissional.


1.2 OBJETIVO

Maior conhecimento e aproximação ao laudo psicológico.

3. METODOLOGIA


O trabalho foi realizado na Universidade Regional de Blumenau, no dia 03 de outubro de 2011, sendo entrevistada a Professora Sionara Bodanese Wouters, coordenadora do curso de Psicologia, com práticas na área jurídica.
Na entrevista foramaplicadas perguntas abertas.




2. REVISÃO LITERÁRIA


Para Amaral Santos (1993), o laudo consiste na fiel exposição das
operações e ocorrências da diligência, com a opinião a que chegou o perito, fundamentada na matéria submetida a exame.

O laudo pode ser entendido sob dois aspectos:
1) Como a materialização do trabalho pericial desenvolvido pelo perito;
2) Como aprópria prova pericial, sob o aspecto técnico, que propiciará a certeza jurídica quanto à matéria fática;
Segundo o item 4.1 da Resolução do CFP n° 17/2002, o laudo é um documento conciso, minucioso e abrangente, que busca relatar, analisar e integrar os dados colhidos no processo de avaliação psicológica, tendo como objetivo apresentar diagnóstico e/ou prognóstico para subsidiar ações, decisões ouencaminhamentos. Ele deve ser escrito, pois até o momento não há nenhuma referencia que diz que este pode ser apresentado de outra forma.
Para a elaboração do laudo, existem algumas orientações técnicas, que indicam que a linguagem deve ser clara e objetiva, para que o laudo possa servir de fundamento para a decisão judicial. Para isso devem se tomar alguns cuidados, tais como:
- A linguagem nãodeve ser sobrecarregada de termos psicológicos sem a devida explicação;
- Não utilizar termos jurídicos que descaracterizam o caráter psicológico do laudo;
- Não afirmar com certeza e sim apontar tendências;
- Não aplicar ou atribuir medidas, apenas sugeri-las, pois isto é competência do juiz;
Segundo Brandmiller (1996), a elaboração do laudo deve ser pautada nos seguintes princípios:...
tracking img