Latim = o caso acusativo – o objeto direto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (612 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O CASO ACUSATIVO – O OBJETO DIRETO

O acusativo é, por excelência, o caso do complemento verbal denominado em português OBJETO DIRETO.

Para bem entendermos o que significa um complemento verbalé indispensável sabermos que há verbos de sentido completo e verbos de sentido incompleto. Usando uma outra terminologia, podemos dizer que há verbos de predicação completa e verbos de predicaçãoincompleta.

Os verbos de predicação completa tendo sentido completo, não exigem nenhum tipo de complemento. Exemplos: O pássaro voa, o ladrão fugiu, Pedro morreu, A mestra educa. A ação expressa peloverbo, ou seja, o predicado, concentra-se toda no verbo, sem necessidade de nenhum complemento. A oração se constitui de apenas dois termos, o sujeito e o verbo. Esses verbos de predicação completatambém são chamados de intransitivos.

Já os verbos de predicação incompleta são verbos que, tendo sentido incompleto exigem um complemento, um termo que lhes complete o sentido. Imagine que eu diga, porexemplo “ele perdeu”; a oração tem sentido incompleto pois não declarei “o que ele perdeu”; é preciso, para que a oração tenha sentido completo, que eu declare “o que” ele perdeu: Ele perdeu acarteira; ele perdeu os óculos; ele perdeu a compostura...

Outro exemplo: se eu disser “Maria ganhou”, imediatamente se fará a pergunta, “que foi que Maria ganhou? Maria ganhou um prêmio, Maria ganhou umdoce, Maria ganhou o jogo. A oração passa a ter obrigatoriamente três elementos: o sujeito, o verbo e o complemento do verbo.
Vamos a alguns exemplos:

1.) As servas amam as senhoras.
Nessaoração temos: o sujeito “as servas”, pois é delas que se afirma o predicado “amam as senhoras”. Depois temos o núcleo do predicado, o verbo “amar”; o verbo amar, sendo de predicação incompleta (o que ouque,as servas amam?) exige o complemento, o objeto direto “as senhoras”.
Resumindo:
a) servas-sujeito: nominativo plural;
b) senhoras-objeto direto: acusativo plural.

Serva no nominativo...
tracking img