Laranja mecanica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1013 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Marcelo Ximenez Nunes RA nº
Profª

Questões: Laranja Mecânica

1) Dar ênfase no efeito sobre a vida dos personagens pela manipulação das emoções e comportamentos treinados.
Alex é assassino, arrogante, violento; marginal; líder; inteligente; arrogante; hipócrita; predador sexual; manipulador; amoral; imoral. Após os experimentos ele perde os seus instintos agressivos. Passa de agressor avítima, é usado e violentado física e psicologicamente. Perde o amor próprio. No final, recupera a sua agressividade inata.
Georgie é subserviente; cérebro da traição; esperto; violento; cobarde; ambicioso; calculista; vingativo; invejoso. Ao trair Alex assume a liderança do grupo e mais tarde agente da autoridade.
Dim tem um comportamento brutal; violento. Largou Alex para estar com Georgie,transformando-se, mais tarde, igualmente em agente da autoridade.
Pais de Alex, são de classe média baixa; despreocupados; desleixados; imbecis; ignorantes; passivos; crédulos; traidores; instáveis. Inicialmente não têm consciência do comportamento do filho; renegam-no quando Alex sai da cadeia, para o aceitarem de volta no final
Mr. Deltoid, é assistente social; ambicioso; cruel; ridículo; falsomoralista; libidinoso; vingativo; cobarde. Perde a esperança na recuperação de Alex e regozija-se com isso.
M. Alexander, é escritor; marxista (opõe-se ao governo); manipulador; traumatizado; cruel; vingativo; sarcástico; inteligente. Depois de ser violentamente atacado por Alex, serve-se deste como um instrumento de luta contra o poder e procura vingança pessoal contra ele.
Ministro é símboloda incongruência de um governo conservador; manipulador; diplomático; inconsciente; hipócrita. Sempre por interesse político passa de defensor a acusador do "Tratamento Ludovico".
Chefe da Guarda não acredita na recuperação de Alex através do Tratamento Ludovico.

2) Comentar sobre a questão ética, se a ciência pode pretender tal controle sobre a atividade humana.
O comportamento de todoanimal, inclusive o homem, tende a se repetir, se for recompensado (reforço positivo) ou se for capaz de eliminar um estímulo aversivo (reforço negativo) assim que emitir o comportamento. Por outro lado, o comportamento tenderá a não acontecer, se o organismo for castigado (punição) após sua ocorrência. Pela lei do reforço, o ser irá associar essas situações com outras semelhantes, generalizandoessa aprendizagem para um contexto mais amplo. Watson limitou-se a considerar apenas eventos observáveis e físicos para análise, descartando comportamentos encobertos, dentro do paradigma Estímulo-Resposta (S -> R). Apesar de ser dualista e considerar a existência da mente, atacava a psicologia como a ciência desta, dizendo que não produzia resultados confiáveis. Acreditava que a psicologia sóatingiria um patamar de confiabilidade se sua área se limitasse apenas ao estudo do comportamento observável. Suas proposições teorias hoje servem apenas como história da psicologia.
B. F. Skinner foi o fundador de uma das filosofias que embasam a análise experimental do comportamento, o behaviorismo radical. Skinner dizia que o organismo teria em seu comportamento três tipos deles: P.D.F(padrãofixo de ação); comportamento respondente (100% inatos) e operantes (100% aprendidos). Segundo Skinner, o homem será influenciado por fatores filogenéticos, ontogenéticos e culturais, tendo como parâmetro teórico o Selecionismo de Charles Darwin. A unidade básica para se estudar um comportamento, é a tríplice contigência representada por S-R-S". Na teoria de Skinner os fatores culturais atuam comomodificadores do comportamento, em uma relação funcional do indivíduo com o ambiente através do comportamento verbal.
Quanto à premissa que apontamos, a existência de um sistema capaz de alterar o comportamento e instinto humanos é, depois da leitura do argumento, nos mostra que a artificialidade do "Tratamento Ludovico" não se consegue sobrepor à força dos instintos humanos. Tudo isto porque a...
tracking img