Laparotomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1102 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
As lesões por projétil de arma de fogo (PAF) têm aumentado e são a segunda causa mais freqüente de lesões traumáticas da coluna vertebral, estando apenas atrás dos acidentes de trânsito. A retirada do projétil tem indicação quando a entrada do tiro é posterior e há fratura da lâmina, com fragmentos ósseos dentro do canal vertebral. Nos ferimentos de entrada anterior, dados a longa distância, oprojétil costuma parar na altura do corpo vertebral e neste caso, o projétil ou projetil já chega “frio”, ou seja, com pouca energia, não se deforma, escorregando pelo peritônio internamente, indo alojar-se no corpo vertebral. A maior parte dessas lesões ocorre por PAF de baixavelocidade. Nos membros, o tratamento cirúrgico restringe-se à retiradado projétil quando está intra-articular, ou quando afratura requer implante metálico e não suporta o uso de fixador externo. Um aspecto pouco analisado na literatura relaciona-se ao comportamento do projétil dentro dos tecidos e ao tratamento posterior das lesões ósseas, tornando-se um entrave à consolidação óssea quando se requer uma síntese metálica. Na lesão tissular (dos tecidos), o detalhe mais significativo são a velocidade e o peso doprojétil. A destruição dos tecidos vai depender da energia desprendida pelo projétil, através de sua energia cinética, que é proporcional à massa e ao quadrado da velocidade. Um projétil é considerado de alta velocidade quando alcança acima de 600 metros por segundo (m/seg) - por exemplo, de fuzis, e de baixa velocidade quando atinge menos de 500 m/seg. Assim, o revólver de calibre 38 desenvolve 349 m/s;o de calibre 22, 308 m/s; já o de calibre 45 ACP (Automatic Colt Pistol) desenvolve a velocidade de 277 m/s; no entanto, tem maior poder de neutralizar a ação de um atacante, ou seja, seu poder de parada, que é denominado stopping power, é maior, o que interessa numa arma com características como armamento de defesa. O poder do stopping power está relacionado ao instante do impacto do projétil enão a sua energia, colocando desta forma maior importância no calibre e peso do projétil e menor em sua velocidade. Quando encontra um corpo, a energia do projétil vai sendo absorvida no trajeto e, por isso, a entensão e os danos da lesão dependem da quantidade de tecido requerido para dissipar a energia liberada.

Assim, o projétil provoca um pequeno orifício de entrada e maciça destruição noseu trajeto por causa da grande pressão exercia dentro dos órgãos, principalmente, se for na região do abdomen ou do tórax.

Aspectos externos das lesões:

– Tatuagem (causada por um tiro dado a pequena distância, a pólvora ainda não deflagrada penetra na pele, causando uma zona de enfumaçamento);
– Queimadura (também por curta distância, a pólvora não deflagrada causa uma queimadurasuperficial); e
– Sulco (produzido quando o projétil tangencia o tecido formando uma goteira).

Tipos de feridas:
– Ferida cega ou em fundo de saco (apenas mostra o orifício de entrada);
- Ferida em golpe de contorno (acontece quando o projétil, encontrando o plano ósseo, desvia sua trajetória, percorrendo os trajetos mais curiosos. No abdomen, os órgãos mais atingidos são o intestino delgado, devidoao grande volume que ocupa, seguido do fígado);
– Ferida incisa (causada por estilhaços de vidros que acompanham o projétil em sua trajetória);
– Ferida contusa (causada por estilhaços de granada).

Protocolo de Atendimento

Lesões da coluna

A atitude a ser tomada depende do quadro clínico apresentado pelo paciente e divide-se em quatro grupos:
1) Ferimentos transfixantes → exames de RXindicando que o projétil transfixou o canal medular → não há indicação de tratamento cirúrgico, neste caso a coluna é estável.
2) Ferimentos com entrada anterior → nestas ocasiões costuma haver fratura do corpo vertebral, o projétil percorre o peritônio. Deve-se tomar cuidado porque o projétil pode ter transfixado o intestino, contaminando a cavidade. Coluna média e posterior estáveis → nada...
tracking img