Lajes pre-moldadas comuns

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1563 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CEUMA UNIVERSIDADE
CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO







Helen Marques
Lídia Camargo
Renata Coêlho[1]










LAJES: Lajes pré-moldadas comuns






















São Luís
2012
HELEN MARQUES
LÍDIA CAMARGO
RENATA COÊLHO

















LAJES: Lajes pré-moldadas comunsTrabalho pesquisado, elaborado e apresentado para obtenção parcial de primeira nota avaliativa da disciplina de Concreto Armado, ministrada pelo Prof. Eng. Eduardo Costa.
















São Luís
2012
RESUMO



O estudo objetiva analisar as referências significativas da laje utilizada em obras seja para efeito de cobertura ou para piso ou quaisquer outras finalidades.Embora o estudo tenha efeito geral sobre lajes de concreto armado, o âmbito de estudo nosso está focado nas lajes pré-moldadas comuns, analisando suas especificações técnicas e comerciais.

Palavras–chaves: Lajes. Pré-moldadas. Concreto.
ABSTRACT

This study intends to analyze significant references concerning slab on shell – work uses for coverage or for floor or still any other goal. Although wehave many kind of slabs for many goals, we intend on this to verge on common pre – molded ones, analyzing techniques and commercial specifications.



Key-words: Slab. Pre molded. Concrete.

SUMÁRIO



INTRODUÇÃO 14

2 DIREITO TRIBUTÁRIO INTERNACIONAL LATO SENSU. 16

2.1 Conceitos basilares decorrentes do Direito Tributário Interno Brasileiro. 17

2.2.1 Fontes do DireitoInterno. 21

2.2.3 Fontes do Direito Tributário Internacional. 22

2.3 Princípios fundamentais ao Direito Tributário Internacional. 22

2.3.1 Princípios fundamentais do Direito Interno que influenciam o Direito Tributário Internacional em destaque. 23

2.3.1.1 Princípio Legalidade na esfera tributária brasileira. 23

2.3.1.2 Princípio Igualdade diante do Direito Tributário. 242.3.2 Princípios de conexão ao Direito Tributário Internacional. 25

2.3.2.1 Princípios Soberania Fiscal. 25

2.3.2.1.1 Princípios Soberania Fiscal e os limites de incidência das leis. 27

2.3.2.2 Princípios da Territorialidade em sentido restrito ou da fonte (source income taxation). 29

2.3.2.2.1 Os seus efeitos da territorialidade e seu sentido material e seu sentido formal. 302.3.2.3 Princípios Universalidade ou Territorialidade Pessoal (world wide income taxation). 32

2.3.2.4 Princípio de Conexão Material da Fonte e da Residência. 34

2.3.2.4.1 Princípio da Fonte (Sourcing income rules). 34

2.3.2.4.2 Critérios de conexão subjetivos sobre a residência. 35

3 FENÔMENO DA BITRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL. 37

3.1 Bitributação Internacional verso Bis inidem. 38

3.2 Definição Bitributação Internacional. 40

3.2.1 Causas da Bitributação Internacional. 40

3.2.1.1 Tributação com base na fonte das rendas 41

3.2.1.2 Conexão objetiva e subjetiva. 41

3.2.1.3 Localização do sujeito passivo. 41

3.2.1.4 Diversidade interpretativa 41

3.2.1.4.1 Diversidade interpretativa Dupla não tributação 42

3.2.2 Identificação dofato da Bitributação. 42

3.2.3 Identidade do período tributário. 44

3.2.4 Identidade do tributo. 44

3.2.5 Identificação da Personalidade jurídica. 45

3.2.5.1 Capacidade da pessoa. 47

3.2.5.1.1 Capacidade tributária passiva. 48

3.3 Tipos da Bitributação. 49

3.3.1 Bitributação Interna. 49

3.3.2 Bitributação tipo virtual. 49

3.3.3 Tipos da BitributaçãoInternacional. 50

4 A FORMA DE INGRESSO DE TRATADOS INTERNACIONAIS DE MATÉRIA TRIBUTÁRIA EM RELAÇÃO AO DIREITO INTERNO E AS MEDIDAS DE TRATAMENTO PARA SOLUÇÃO DO FENÔMENO BITRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL. 51

4.1 Procedimento do Tratado Internacional no Brasil. 52

4.1.1 Conceituação da Assinatura e Ratificação. 52

4.1.2 Formalização dos acordos internacionais no Brasil. 52

4.1.2.1...
tracking img