Lactobacilos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1501 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso: Nutrição

Disciplina: Biologia Celular

Professor (a): Maria José







Observação de célula animal: Mucosa bucal





Ana Paula Sousa da Silva

Emanuella de O. Martins

Fernanda Ferreira Silva

Nathália Sousa Costa

Sofia Mayra M. do monte





Teresina - Março 2013



Curso: Nutrição

Disciplina: Biologia Celular

Professor (a): Maria JoséObservação de célula animal: Mucosa bucal















Teresina - Março, 2013

Sumário







1. Introdução .04

2. Objetivo .06

3. Material .06

4. Procedimentos ...06

5. Resultados ...07

6. Questionário ...08

7. Discussão 09

8. Conclusão ..10

9. BibliografiaConsultada ..11























1. Introdução




A célula enquanto menor porção de matéria viva é capaz de desempenhar diversas atividades vitais associadas com a manutenção da vida de um organismo e ser a sede de toda organização funcional deste, podem ser entendidas como as unidades fisiológicas e morfológicas dos seres vivos.
Existemdois tipos de células básicas: as células eucariontes e procariontes. As células eucariontes tem como sua principal característica um espaço interno divididos em inúmeros compartimentos membranosos, sendo o núcleo geralmente o maior deles. Enquanto as células procariontes tem organização bem mais simples, possuindo um único compartimento interno delimitado pela membrana plasmática.
A maioriados animais é formada por células eucariontes, que apresentam além da membrana plasmática, um citoplasma onde são encontrados diferentes compostos e sistemas membranosos citoplasmáticos formando canais e bolsas para transporte e armazenamento de substâncias (retículos endoplasmáticos), além de organelas (mitocôndrias, centríolos, etc.) e um núcleo, sendo este limitado pela membrana nuclear,contendo material genético.
O citoplasma da célula procarionte é muito mais simples do que o eucarionte, mesmo quando analisado ao microscópio eletrônico. Ele é formado por uma matriz rica em água, com diversos íons e moléculas dissolvidas. Suas estruturas não são delimitadas por membrana, há ausência de várias organelas como: mitocôndrias, complexo de golgi, lisossomos entre outros.
Oepitélio é um tecido animal, formado por uma só ou várias camadas, que limita as superfícies externas e internas do corpo. No tocante ao epitélio bucal, este pode ser caracterizado como um tecido que reveste a mucosa bucal, apresentando células arredondadas ou alongadas que não possui parede celular rígida como as células vegetais.


COLORAÇÃO:


No século XIX os citologistascomeçaram a usar substancias corantes para aumentar o contraste entre as partes internas das células. Eles descobriram, então, que existem inúmeras estruturas celulares internas que não podem ser observadas se a célula não estiver corada. Assim, coloração dos tecidos torna-se indispensável para o estudo da microscopia de luz, pois as células apresentam um fraco contraste óptico, pelo qual suaobservação se torna muito difícil.
O processo pelo qual os corantes se ligam aos tecidos ocorre devido à presença de radicais aniônicos ou catiônicos na molécula do corante, os quais reagem através de interações eletrostáticas de carga oposta presentes nos componentes tissulares.
As estruturas que reagem com corantes ácidos, são chamadas acidófilas, que significa ter afinidade por acido(demonstra acidofilia). Quando utilizado o corante acido eosina nos cortes de tecidos, as substancias coradas são muitas vezes referidas também como eosinófilas em alternância com o termo acidófilo.


























































2. Objetivos






✓ Observar as células do epitélio bucal...
tracking img