Kpis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5945 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo Dentro do contexto do Modelo de Logística de Classe Mundial (CLM, 1995) e seu sistema de medição de desempenho logístico proposto, Hijar, Gervásio & Figueiredo (2005) realizaram um levantamento teórico sobre as principais medidas que devem constituir esse sistema. Sendo assim, este artigo tem como objetivo avaliar a utilização das medidas teóricas de desempenho logístico, identificadas emHijar, Gervásio & Figueiredo (2005), por uma empresa industrial de grande porte do canal de distribuição de produtos de mercearia básica (alimentos, higiene, beleza e limpeza). Quanto à metodologia, este artigo, que é um estudo exploratório, tem como abordagem de pesquisa a qualitativa, como método de procedimento de pesquisa o estudo de caso único e como mecanismo de coleta de dados a entrevista,realizada por meio de um questionário semi-estruturado. Palavras-chave: Modelo de logística de classe mundial; Medidas de desempenho logístico; estudo exploratório; mercearia básica. 1. Introdução e Metodologia Para Neely, Gregrory & Platts (1995), a medição de desempenho é o processo de quantificação da eficiência e da eficácia de uma ação, sendo que as medidas de desempenho são as métricasutilizadas para tal quantificação. O conjunto de tais métricas compõe os sistemas de medição de desempenho. A medida de desempenho é um parâmetro de comparação com outra variável, já que a verificação da melhoria de tal medida depende da consideração de outros elementos, como medidas tomadas em períodos anteriores. De acordo com Holmberg (2000), um dos grandes problemas dos sistemas de medição dedesempenho das empresas refere-se à sua composição por um número muito grande de medidas, sendo muitas delas erradas ou incompatíveis à essência do negócio. Isso ocorre porque, normalmente, o número e a variedade de medidas utilizadas pela empresas aumentam ao longo do tempo, dado que a tendência é de não se retirarem medidas antigas e obsoletas, se comparadas com a estratégia e as atividades atuais.Além disso, as velhas métricas ocasionam a utilização de recursos e trazem pouca agregação de valor, uma vez que elas foram introduzidas para controlar problemas passados que têm pequena probabilidade de reincidirem se ações preventivas foram tomadas. Neely & Adams (2000) explicitam que existem inúmeras abordagens ou metodologias de medição de desempenho, sendo cada uma com um propósito específico(cada uma propicia uma visão sobre como avaliar o desempenho das organizações) e, assim, são incompletas em sua essência. Algumas abordagens tradicionais envolvem os Modelos de Excelência em Negócios, Estruturas de Valor aos Acionistas (Shareholder Value Frameworks), ABC, Benchmarking e Balanced Scorecard. A medição de desempenho é uma das mais importantes ferramentas para verificar se osobjetivos estabelecidos são alcançados pela empresa, ou seja, se as operações, entre elas as logísticas, atingem as metas de serviço almejadas, levantando se os recursos logísticos estão sendo bem aplicados. Isto é, as medidas de desempenho possibilitam a avaliação de como os recursos disponíveis estão sendo utilizados pela empresa e se esta utilização possibilita a oferta de serviços superiores aosclientes e, a partir disso, a criação de vantagem competitiva (HIJAR, GERVÁSIO & FIGUEIREDO, 2005).

1

XIII SIMPEP - Bauru, SP, Brasil, 06 a 08 de novembro de 2006

A importância da medição de desempenho logístico já foi evidenciada por CLM (Council of Logistics Management, 1995), atual CSCMP (Council of Supply Chain Management Professionals), através da apresentação do modelo de Logística deClasse Mundial (World Class Logistic) elaborado por The Global Logistics Resarch Team da Michigan State University. Tal modelo reflete as melhores práticas logísticas, as quais são similares para as empresas de classe mundial (independentemente da indústria, da posição da empresa no canal de distribuição e do seu tamanho). Conforme este modelo, são quatro as competências logísticas críticas...
tracking img