King lear

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 116 (28933 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
REI LEAR
de William Shakespeare

Tradução de Millôr Fernandes

Texto disponibilizado no site de Millôr Fernandes: http://www2.uol.com.br/millor/, não sendo permitido o uso comercial sem a autorização do autor ou representante!

Personagens:
Lear - rei da Bretanha Rei da França Duque de Borgonha Duque de Cornualha Duque de Albânia - marido de Goneril Conde de Kent Conde de GloucesterEdgar --- filho de Gloucester Edmundo - filho bastardo de Gloucester Curan - um cortesão Velho - rendeiro de Gloucester Médico Bobo de Lear Osvaldo - mordomo de Goneril Capitão - às ordens de Edmundo Fidalgos a serviço de Lear Um fidalgo a serviço de Cordélia Arauto Criados do Duque de Cornualha Goneril - filha de Lear Regana - filha de Lear Cordélia - filha de Lear Cavaleiros do séquito de Lear,capitães, mensageiros, soldados e serviçais

Ação: Bretanha

2

ATO I

Cena I

(Salão nobre do palácio do Rei Lear. Entram Kent, Gloucester e Edmundo.) Kent: Pensei que o Rei preferisse o Duque de Albânia ao Duque de Cornualha. Gloucester: Também sempre pensamos assim, nós todos; mas agora, na partilha do reino, é impossível saber qual dos dois ele mais estima. A divisão está tão perfeitaque aquele que escolher primeiro não terá maneira de escolher melhor. Kent: Não é esse o seu filho, meu senhor? Gloucester: A educação dele ficou aos meus cuidados. Já ruborizei tantas vezes ao ter de perfilhá-lo que não há mais nada no mundo que me ponha vermelho. Kent: Eu não consigo conceber... Gloucester: Pois a mãe do rapaz o conseguiu; e logo se pôs de ventre redondo e teve um filho no berçoantes de ter um marido na cama. Sente o cheiro do pecado? Kent: Que importa o pecado quando o fruto é tão belo? Gloucester: Mas eu tenho outro filho, nos critérios da lei, meu senhor. Mais velho do que este um ano e pouco; mas nem por isso mais amado. Embora este patife tenha entrado no mundo de atrevido, sem ser solicitado, não foi um desprazer confeccioná-lo. Sua mãe era uma beleza, e o filho damãe teve de ser reconhecido. Conhece este nobre fidalgo, caro Edmundo? Edmundo: Não, meu senhor. Gloucester: É o senhor conde de Kent. De agora em diante lembre-se dele como um meu honrado amigo. Edmundo: Estou às ordens de Sua Senhoria. Kent: Pretendo ser seu amigo e conhecê-lo melhor. Edmundo: Senhor, me esforçarei por merecer.

3

Gloucester: Edmundo esteve fora nove anos e irá embora denovo dentro em breve. (Soam fanfarras.) É o Rei chegando. (Entra um servidor carregando uma coroa. Depois entram o Rei Lear, os duques de Cornualha e Albânia, com Goneril, Regana, Cordélia e o séquito.) Lear: Gloucester, cuida dos senhores da França e da Borgonha. Gloucester: Já vou, majestade. (Sai, com Edmundo.) Lear: Enquanto isso revelaremos as nossas intenções mais reservadas. Dêem-me essemapa aí. Saibam que dividimos em três o nosso reino. É nossa firme decisão diminuir o peso dos anos, livrando-nos de todos os encargos, negócios e tarefas, confiando-os a forças mais jovens, enquanto nós, liberados do fardo, caminharemos mais leves em direção à morte. Nosso filho da Cornualha, e tu, nosso não menos amado filho da Albânia; é chegada a hora de proclamar os vários dotes de nossasfilhas a fim de evitar qualquer divergência no futuro. Os príncipes da França e da Borgonha, fortes rivais no amor de nossa filha mais moça, permaneceram longo tempo em nossa corte em vigília amorosa, e agora temos que lhes dar uma resposta. Digam-me, minhas filhas - já que pretendo abdicar de toda autoridade, posses de terras e funções do estado -, qual das três poderei afirmar que me tem mais amor,para que minha maior recompensa recaia onde se encontra o mérito natural. Goneril, minha filha mais velha, falará primeiro. Goneril: Senhor, eu o amo mais do que podem exprimir quaisquer discursos; mais que a luz dos meus olhos, do que o espaço e a liberdade, acima de tudo que pode ser avaliado - rico ou sublime; não menos do que a vida, com sua graça, beleza, honra e saúde; tanto quanto um filho...
tracking img