Keynesianismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2660 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola keynesiana
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
[->0][->1]|A Wikipédia possui oPortal de Economia e negócios[->2]|

A escola Keynesiana ou Keynesianismo é a teoria econômica consolidada pelo economista inglês John Maynard Keynes[->3] em seu livro Teoria geral do emprego, do juro e da moeda[->4] (General theory of employment, interest and money) [1] eque consiste numa organização[->5] político[->6]-econômica[->7], oposta às concepções neoliberalistas[->8], fundamentada na afirmação do Estado como agente indispensável de controle da economia, com objetivo de conduzir a um sistema de pleno emprego. Tais teorias tiveram uma enorme influência na renovação das teorias clássicas e na reformulação da política de livre mercado.
A escola keynesianase fundamenta no princípio de que o ciclo econômico não é auto-regulado como pensam os neoclássicos, uma vez que é determinado pelo "espírito animal" (animal spirit no original em inglês) dos empresários. É por esse motivo, e pela incapacidade do sistema capitalista conseguir empregar todos os que querem trabalhar, que Keynes defende a intervenção do Estado na economia.
A teoria atribuiu ao Estadoo direito e o dever de conceder benefícios sociais que garantam à população um padrão mínimo de vida como a criação do salário mínimo[->9], do seguro-desemprego[->10], da redução da jornada de trabalho (que então superava 12 horas diárias) e a assistência médica gratuita. O Keynesianismo ficou conhecido também como "Estado de bem-estar social[->11]", ou "Estado Escandinavo".
Índice[esconder] · 1A Teoria Keynesiana 2 O papel do Estado na economia, segundo Keynes 3 Desenvolvimento das teorias keynesianas · 3.1 Origens do novo desenvolvimentismo· 4 Citações a respeito de Keynes 5 Ver também 6 Referências 7 Bibliografia · 7.1 Online 7.2 Publicações |
[editar] A Teoria Keynesiana
As políticas econômicas[->12] intervencionistas foram inauguradas por Roosevelt[->13] com o NewDeal[->14], que respaldaram, no início da década de 1930, a intervenção do Estado na Economia com o objetivo de tentar reverter uma depressão e uma crise social que ficou conhecida como a crise de 1929[->15] e, quase simultaneamente, por Hjalmar Horace Greeley Schacht[->16] [2] [3] na Alemanha Nazista[->17].
Cerca de 3 anos mais tarde, em 1936, essas políticas econômicas foram teorizadas eracionalizadas por Keynes[->18] em sua obra clássica Teoria geral do emprego, do juro e da moeda [1].
A teoria de Keynes[->19] é baseada no princípio de que os consumidores aplicam as proporções de seus gastos em bens e poupança[->20], em função da renda[->21]. Quanto maior a renda, maior a porcentagem desta é poupada. Assim, se a renda agregada aumenta em função do aumento do emprego[->22], a taxa depoupança aumenta simultaneamente; e como a taxa de acumulação de capital aumenta, a produtividade marginal[->23] do capital reduz-se, e o investimento é reduzido, já que o lucro é proporcional à produtividade marginal do capital. Então ocorre um excesso de poupança, em relação ao investimento[->24], o que faz com que a demanda[->25] (procura) efetiva fique abaixo da oferta e assim o emprego se reduza paraum ponto de equilíbrio em que a poupança e o investimento fiquem iguais. Como esse equilíbrio pode significar a ocorrência de desemprego involuntário em economias avançadas (onde a quantidade de capital acumulado seja grande e sua produtividade seja pequena), Keynes defendeu a tese de que o Estado deveria intervir na fase recessiva dos ciclos econômicos com sua capacidade de imprimir moeda[->26]para aumentar a procura efetiva através de déficits[->27] do orçamento do Estado e assim manter o pleno emprego. É importante lembrar que Keynes nunca defendeu o carregamento de déficits de um ciclo econômico para outro, nem muito menos operar orçamentos deficitários na fase expansiva dos ciclos.
Deve notar-se que, para o estado aumentar a procura efetiva, deve gastar mais do que arrecada,...
tracking img