Kei de hooke

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1460 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário
Introdução.................................................................................................................2
Fundamentação Teórica.............................................................................................2
Procedimento Experimental.......................................................................................3Resultados................................................................................................................4
Gráfico.....................................................................................................................6
Análise......................................................................................................................7Conclusão.................................................................................................................7
Bibliografia................................................................................................................8

Introdução
A lei de Hooke consiste basicamente na consideração de que uma mola possui uma constante elástica k. Esta constante é obedecida até certo limite, onde a deformação da mola em questão setorna permanente. Dentro do limite onde a lei de Hooke é válida, a mola pode ser comprimida ou alongada, retornando a uma mesma posição de equilíbrio.
O objetivo desse experimento é o estudo de forças que dependem da posição, sendo a força exercida pela mola, um caso típico. Esse tipo de força é conservativa e não constante. Neste sentido tencionamos com essa experiência verificarexperimentalmente a lei de Hooke e determinar a constante elástica de uma mola.

Fundamentação Teórica
Lei de Hooke
Em 1660 o físico inglês R. Hooke (1635-1703), observando o comportamento mecânico de uma mola, descobriu que as deformações elásticas obedecem a uma lei muito simples. Hooke descobriu que quanto maior fosse o peso de um corpo suspenso a uma das extremidades de uma mola (cuja outra extremidadeera presa a um suporte fixo) maior era a deformação no comprimento sofrida pela mola. Analisando outros sistemas elásticos, Hooke verificou que A intensidade da Força elástica (Fel) é diretamente proporcional à deformação (Δl). Pôde então enunciar o resultado das suas observações sob forma de uma lei geral. Tal lei, que é conhecida atualmente como Lei de Hooke, e que foi publicada por Hooke em1676, é a seguinte: “As forças deformantes são proporcionais às deformações elásticas produzidas.”
Fel=K.∆L
Onde :
Fel = Força elástica K = Constante elástica∆L = variação de comprimento (∆L = Lf - Lₒ)
A lei de Hooke pode ser utilizada desde que o limite elástico do material não seja excedido. O comportamento elástico dos materiais segue o regime elástico na lei de Hooke apenas até um determinado valor de força, após este valor, se a força continuar a aumentar, o corpo perde a sua elasticidade e a deformação passa aser permanente (inelástico), chegando à ruptura do material.
Quando a deformação for pequena diz-se que está no regime elástico (retorna a sua forma inicial quando o peso for retirado) e quando a deformação for são grandes, caracteriza-se regime plástico (o material fica com uma deformação permanente mesmo depois que o peso for retirado).

Procedimento Experimental
No projeto utilizamos:* 01 fixador plástico para pendurar mola
* 01 tripé
* 01 régua milimetrada 400mm
* 01 fixador de plástico com manípulo
* 01 manípulo com cabeça de plástico
* 01 indicador de plástico esquerdo com fixação magnética
* 01 Indicador de plástico direito com fixação magnética
* 01 mola Lei de Hooke
* 03 molas pequenas
* 01 acessório para associação de molas...
tracking img