Kaspar hauser

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1506 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Ficha Técnica

Diretor: Werner Herzog
Gênero: Drama
Origem: Alemanha
Duração: 110 minutos
Elenco:
* Bruno S. - Kasper Hauser
* Walter Landengast - Prof. Daumer
* Brigitte Mira - Empregada Kathe
* Herbert Achternbusch - Farmboy
* Gloria Doer - Mãe - Hiltel
* Helmut Döring – Little King
* Alfred Edel - Professor
* Florian Fricke - Florian
* Andi Gottwald- Young Mozart
* Michael Kroecher - Lord Stanhope
* Hans Musaeus - o Homem
* Enno Patalas - Padre Fuhrmann
* Elis Pilgrim - Padre
* Volker Prechtel - Hiltel, o guarda da prisão
* Clemens Scheitz - Escrivão
* Willy Semmelrogge - Diretor do circo
* Kidlat Tahimik - Hombrecito
* Henry van Lyck - Capitão de cavalaria

Resumo

O filme é baseado em registroshistóricos que contam o caso de Kaspar Hauser, um jovem que passou parte da vida enclausurado num porão escuro, em seguida deixado numa praça, onde trazia uma carta de apresentação anônima para o capitão da cavalaria local contando que foi criado sem nenhum contato social, desde o nascimento até aquela idade e pedindo que fizessem dele um cavaleiro como fora seu pai.
Kaspar Hauser foi acolhido na casado Sr: Dauner, que se ocupou do processo de socialização do mesmo.
Quando o garoto chegou à cidade sabia falar apenas uma frase: “Quero ser cavalheiro”, e não sabia andar direito. Seus comportamentos estranhos causavam um misto de espanto e interesse. Mesmo sendo dócil era visto como um “garoto “selvagem”.
Kaspar Hauser tornou-se atração pela história de vida. As pessoas da cidade queriamvê-lo.
Um ano depois de ter chegado a Nuremberg, foi ferido e recebeu um grande corte na fronte. Em dezembro de 1833, recebeu outro ferimento que lhe seria fatal. Herzog sugere, em seu filme, que os dois ferimentos sofridos por K. Hauser foram tentativas de assassiná-lo. Masson diz, em seu livro, que em dezembro de 1833, K. Hauser foi atraído para uma emboscada, com a promessa de receber informaçõessobre seu nascimento. No local, em vez disso, recebeu uma facada no peito, morrendo três dias depois.

Destaque de cenas importantes

* Quando o senhor que o cria o leva em um morro e o ensina a andar;
* Atraído pela chama de uma vela, coloca seu dedo no fogo e, ao sentir dor, aprende que a chama queima;
* Momento que uma criança ensina as partes do corpo para Kaspar Hauser;
*Na prisão quando um guarda o ameaça com uma espada, Kasper Hauser não demonstra nenhuma reação.

Análise crítica

Kaspar Hauser foi criado longe da sociedade, preso em uma corrente e alimentado com pão e água. Não sabia falar, andar, escrever e não reagia a estímulos, sua conduta fazia com que parecesse um animal. Assim, podemos compreender que o que nos constitui humanos é antes de tudohistórico e cultural, sem considerar as características inatas da espécie humana como, por exemplo: emitir sons articulados.
O filme nos mostra como a mediação do outro constitui a ação de Kaspar Hauser, uma mediação sem contatos próximos, mas sim de simples instruções. Em uma cena onde o cuidador mostra ao jovem como deve manusear o cavalo, o jovem repete os movimentos de maneira mecânica, imitativa.O fato de manusear o cavalo não garantiu compreender o que era um cavalo.
Segundo Vygosty para que o aprendizado aconteça, é preciso que essa imitação aconteça em um processo dialógico entre os sujeitos, quando a mediação é constituída por conceitos e valores culturais.
Também em relação ao manusear o cavalo, brincando com o mesmo, pode facilitar sua aprendizagem, desenvolver a criatividade, asocialização, a linguagem, as funções psicológicas superiores e o raciocínio lógico. Enfim, o brincar permite que a pessoa vá além da sua condição atual e exercite modos de pensar e agir.
O filme também mostra que Kaspar Hauser foi privado de contatos sociais, somente sendo permitido na adolescência interagir com outras pessoas, quando vai morar com uma família que cuida dele e lhe ensinam...
tracking img