Kant

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 38 (9477 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O CRITICISMO KANTIANO 
Introdução
Kant é seguramente o filósofo mais importante da Ilustração e, quiçá, de toda a
modernidade. Por isso frequentemente se divide o pensamento moderno entre prékantiano e pós-kantiano. Quando falamos assim, na verdade, estamos distinguindo entre o
tipo de filosofia que se fazia antes e depois da Crítica da razão pura, já que é nesta obra que
são sintetizadosos princípios do criticismo kantiano e da revolução copernicana na
filosofia.
No entanto, Kant não foi sempre um crítico, já que possuiu uma larga fase denominada
pré-crítica, na qual ainda não havia desenvolvido o criticismo. Contudo, podemos
interpretar toda esta ampla etapa como um continuado esforço de Kant para conseguir
formular o criticismo, que constitui seu pensamento maduro e asíntese de sua
contribuição filosófica. Deve-se notar, contudo, que Kant possui um pensamento muito
complexo e bem mais amplo que o identificado com suas três críticas: Crítica da razão pura,
Crítica da razão prática e Crítica da faculdade de julgar.
Kant recebeu e forneceu resposta específica a praticamente todas as grandes correntes
filosóficas de seu tempo: à tradição racionalista moderna,sobretudo a partir da
perspectiva da chamada Escola de Leibniz-Wolff; à tradição da ciência física matemática,
especialmente desde o sistema de mundo de Newton; à tradição empirista moderna,
especialmente desde as conclusões céticas que dela extrai Hume; ao pensamento e a
atitude da Ilustração, mormente da formulação que lhe deu Rousseau; e, também, à
tradição religiosa cristã, sobretudo a partirdo pietismo luterano no qual Kant foi educado.
Neste capítulo exporemos sinteticamente o criticismo kantiano, ressaltando seu
desenvolvimento e relacionando à discussão que gerou com as influências mencionadas.



O presente ensaio, traduzido por Ricardo Henrique Carvalho Salgado e João Paulo Medeiros Araújo,
constitui-se em versão de capítulo da obra originalmente publicada em castelhano:MAYOS, Gonçal. In:
AAVV. Filosofía; Curso de preparación para la prueba de acceso a la universidad para mayores de 25 años,
Barcelona: EducaciOnline, 2008, pp. 1-35.

1. Contexto sócio-político
É sabido que o filósofo mais importante da Ilustração, Immanuel Kant (1724 – 1804), em
toda a sua vida não se afastou de sua cidade natal, Königsberg. Era uma cidade criada pela
Ordem dosCavaleiros Teutônicos, com uma universidade antiga (fundada em 1544) e
que, em tempos de Kant, era a capital da Prússia Oriental (uma das partes – algumas
distantes centenas de quilômetros – em que estava dividido o novo Estado prussiano).
No entanto, se procurá-la nos mapas, verá que ela hoje se chama Kaliningrado, está sob
administração russa, e a população autóctone alemã há tempos foi removida.Como vemos, a situação mudou bastante; portanto, perguntemo-nos: como era o mundo
germânico nos tempos de Kant?
A cidade em que viveu Kant, em finais do século XVIII, se encontra no estremo nordeste
de uma zona de língua alemã muita ampla e bastante povoada, a qual, às vezes,
funcionava como língua da alta cultura em territórios com outros idiomas (assim é que,
por exemplo, mesmo em meados doséculo XX, o tcheco Kafka escreve suas grandes
obras em alemão). O mundo germânico constituía praticamente o núcleo da Europa
central e incluía grande parte da atual Polônia, importantes enclaves nas atuais Rússia,
Bielorússia e Ucrânia, Áustria e parte de seu império, uma parte considerável da Suíça,
regiões disputadas com a França, como a Lorena e a Alsácia, Luxemburgo e algumas
regiõesfronteiriças da Holanda e da Dinamarca.
Evidentemente, a diversidade deste território era enorme, com muitos dialetos e
diferentes graus de desenvolvimento social, econômico e cultural. Mesmo que, em geral,
tenha sido uma zona muito comercial e avançada – recordemos as ligas das cidades
hanseáticas – sofrera a sangria de grandes conflitos como a guerra dos Trinta Anos. Ainda
que no século...
tracking img