Kakaka

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5448 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Faxineiras hipermodernas em EJA: a subjetivação sob os bens de consumo tecnológicos

Elzira Yoko Uyeno (PRPG-LA Unitau)

Resumo: A subjetivação de alunos de Escola de Jovens e Adultos – EJA sob efeitos do uso dos bens tecnológicos é o objeto deste estudo. A observação da incapacidade/impossibilidade de se desligarem dos respectivos aparelhos celulares por um número considerável dealunas o deflagrou. Baliza a análise uma perspectiva interdisciplinar que convoca a Análise do Discurso, a pós-modernidade e a psicanálise. Não comprovando a hipótese inicial de que as chamadas eram relativas a problemas familiares, revelaram-se constituídas de dependências dos aparelhos que se estendiam a outros eletroeletrônicos, dependências tais que as configuram como pós-humanas, no sentido dechegarem a sentir a falta de eletroeletrônicos em seus corpos, efeito colateral da hipermodernidade que se ancora na tecnologia, na individualidade e na economia (LIPOVETSKY). Resultados permitiram postular, ainda, que o atual estágio do capitalismo incita o indivíduo a consumir, submetendo-o a injunções que lhe ordenam a “gozar de todas as maneiras” (ZIZEK, 2003). Essas injunções revelamfavorecer um sujeito que se distingue do postulado por Lacan da primeira clínica, que se abstém de gozar por internalizar proibições sociais em decorrência da autoridade paterna: incitando-o a gozar pelo consumo, contribuem para o deslocamento do conceito de inconsciente. Esse deslocamento, por sua vez, convoca a psicanálise para a sua responsabilidade ética da elucidação de que existe uma diferença entreviver uma vida programada e levar uma vida com savoir-faire com o inconsciente (FORBES, 2010): à psicanálise cabe não ensinar “como se deve gozar”, mas que “não se é obrigado a gozar” (ZIZEK, 2003).

Palavras-chave: psicanálise; subjetividade; hipermodernidade

Abstract: the abstract is limited to 250 words the abstract is limited to 250 words the abstract is limited to 250words the abstract is limited to 250 words the abstract is limited to 250 words the abstract is limited to 250 words the abstract is limited to 250 words the abstract is limited to 250 words the abstract is limited to 250 words the abstract is limited to 250 words the abstract is limited to 250 words the abstract is limited to 250 words



Keywords: keyword1, keyword2, keyword3


1.Introdução

O Brasil contabiliza 13,9 milhões de jovens, adultos e idosos que não sabem ler nem escrever – ou 9, 6% da população de 15 anos ou mais, segundo o censo de 2010. Diante da redução de 2,3 milhões entre 2009 e 2010 e da projeção do IBGE de que a população nessa faixa etária será de 154,9 milhões, devendo chegar a 2015 com 10,4 milhões de analfabetos, o Brasil terá de dobrar o ritmode queda do analfabetismo para cumprir a meta assumida perante a ONU de chegar à taxa de 6, 7% em 2015. Essa análise sombria do status quo do analfabetismo foi reportada, em julho de 2011, pelos grandes jornais em circulação. Ainda que seja inegável o questionamento quanto à submissão a critérios externos de avaliação, esses dados tornam imperioso que não fujamos da parcela de responsabilidade quenos cabe enquanto pesquisadores da área de Linguística Aplicada.
Alguns índices revelam que uma das principais dificuldades para a redução das taxas de analfabetismo é que os piores índices entre os adultos estão concentrados na população idosa, de 60 anos ou mais, que têm mais dificuldade de aprendizagem. Outro fator que contribui para os altos índices de analfabetismo é o desânimo muitogrande da população adulta que mora no campo em voltar à escola para aprender a ler e a escrever.
Tendo apresentado o contexto em que se insere a pesquisa a se relatar, apresenta-se a sua delimitação: a subjetivação de alunos de Escola de Jovens e Adultos – EJA sob efeitos do uso dos bens de consumo tecnológicos, mais precisamente de aparelhos de comunicação móveis.
A observação da...
tracking img