justiniano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1823 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Reinado de Justiniano 
O auge deste império foi atingido durante o reinado do imperador Justiniano (527-565), que visava reconquistar o poder que o Império Romano havia perdido no ocidente. Com este objetivo, ele buscou uma relação pacífica com os persas, retomou o norte da África, a Itália e a Espanha. Durante seu governo, Justiniano recuperou grande parte daquele que foi o Império Romano doOcidente. 
Crise e Tomada de Constantinopla 
Em 565, quando o imperador Justiniano morreu, o Império Bizantino ficou fragilizado por causa dos grandes gastos militares com a proteção de suas fronteiras, da intolerância da Igreja e pela incompetência da administração sem o imperador. Durante o século VI, diversos pontos da Europa foram invadidos, fator que impulsionou a queda de Constantinopla quedefinitivamente ocorreu em 1453, quando os turcos otomanos atacaram com balas de canhão e armamentos modernos findando o Império.
Sucessores
Preocupado com seus ataques temporários de insanidade, Justino elevou o general Tibério à dignidade de César em dezembro de 574, por sugestão de Sofia, e retirou-se da vida pública. Sofia e Tibério reinaram conjuntamente por quatro anos, enquanto Justinoperdia progressivamente a lucidez. Morreu em 578.
- Flávio Tibério Constantino Augusto ou Tibério II Constantino (em latim: Flavius Tiberius Constantinus Augustus;ca. 540 — 14 de agosto de 582) foi imperador bizantino de 574 a 582. Era amigo de Justino II, que o nomeou conde dos Excubitores (guardas romanos). Assumiu o controle do Império quando Justino enlouqueceu em 574 e, de modo a aumentar suapopularidade, começou imediatamente a gastar os recursos do tesouro. Com Justino ainda vivo, o general armênio Maurício derrotou, a mando de Tibério, os persas na Armênia.
Com a morte de Justino em 578, Tibério ascendeu plenamente à dignidade imperial e desencadeou ações militares no território do antigo Império Romano do Ocidente, onde negociou a paz com os visigodos na Hispânia e derrotouosmouros na África do Norte. Os eslavos começaram a migrar para os Bálcãs em 579, mas o exército bizantino estava ocupado com os persas e não pôde impedir as migrações eslavas.
Em 582, Tibério adoeceu e Maurício foi nomeado seu herdeiro. Tibério morreu em agosto de 582, entre rumores de envenenamento.
- Flávio Maurício Tibério Augusto (em latim Flavius Mauricius TiberiusAugustus, 539 — novembro de 602), foi imperador bizantino no período de 582 a 602. Foi indicado por Tibério II como seu herdeiro e sucessor, casando-se com a filha deste último, Constantina. Tornou-se imperador com a morte de seu sogro, uma semana após o casamento.


Atualidade 
Atualmente, Constantinopla é conhecida como Istambul e pertence à Turquia. Apesar de um passado turbulento, seu centro histórico encanta e impressionamuitos turistas devido à riquíssima variedade cultural que dá mostras dos diferentes povos e culturas que por lá passaram.
Comparação entre o Digesto e a legislação civil e processual civil brasileira atual

Leis gerais e especiais (Papiniano)
Em mandamento atribuído a Papiniano, está previsto no Digesto (D. 50.17.80; 33 quaestionum) o seguinte: “In toto iure generi per speciem derogatur etillud potissimum habetur, quod ad speciem derectum est”. Por uma tradução bastante sintética, trata-se da regra geral de direito que o específico derroga o genérico. Significa, pois, que “não é toda a lei antiga que deixa de prevalecer, mas somente aquilo que se mostra incompatível com a lei nova”.
A regra prevalece até os dias atuais na legislação brasileira, vide o artigo 2º, §2º da Lei deIntrodução às normas do Direito Brasileiro (Decreto-lei nº 4.657/42):

Art. 2o Não se destinando à vigência temporária, a lei terá vigor até que outra a modifique ou revogue.
[...]
§ 2o A lei nova, que estabeleça disposições gerais ou especiais a par das já existentes, não revoga nem modifica a lei anterior.

Dessa maneira, assim como já concluído pelos romanos, a disposição especial...
tracking img