Just in time

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1601 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O que é Just in Time
O Just in Time é uma proposta de reorganização do ambiente produtivo que visa a eliminação de desperdícios e o melhoramento dos processos de produção , é a base de melhoria da posição competitiva de uma empresa, principalmente no que se referem os fatores com a velocidade, a qualidade e o preço dos produtos.
O “JIT” é as iniciais de Just in Time/Total Qualit Control ummétodo para gestão da produção. Como se pode perceber o controle da produção é feito enquanto o bem é produzido, e não no fim.Inclusive, o controle é feito pelos próprios operários.
Como se sabe o Japão é pequeno, muito populado e pobre em recursos.É por isso que o princípio base do JIT é evitar enormes armazéns de stocks e de peças defeituosas, poupando espaço e ao mesmo tempo, todo o conjunto derecursos que têm que ser disponibilizados para manter esses armazéns.
Segundo o JIT , se produzir uma pequena quantidade de produtos o crescimento alimenta a variedade.Uma empresa enriquece a produzir um determinado produto, mais depois pode montar outra fábrica e produzir outro produto.E então o sistema de lotes perde a vantagem da variedade.
O conceito do JIT é bastante simples: produzir eentregar os produtos mesmo a tempo (just in time) de serem vendidos.Peças mesmo a tempo de serem montadas e materiais em tempo de serem transformados em peças.Os japoneses produzem pequenas quantidades para corresponder á procura, enquanto que os ocidentais produzem grandes quantidades de vários produtos para o caso de serem necessários.

Origem
O Just in Time surgiu no Japão, no inicio dos anos50, e seu desenvolvimento é creditado a Toyota Motor Company, a qual que procurava um sistema de gestão que pudesse coordenar a produção com a procura de diferentes modelos de veículos com o mínimo atraso.
Depois da segunda Guerra Mundial a Toyota decidiu fabricar carros com pouca variedade de modelos de veículos, fabricava pequenos lotes com níveis de qualidade compáraveis aos norte americanos.Esta filosofia de produzir apenas o que o mercado solicitava passou a ser adaptada pelos restantes fabricantes japoneses e, a partir dos anos 70, os veículos por eles produzidos assumiram uma posição bastante competitiva.
Desta forma, o JIT tornou-se muito mais que uma técnica de gestão da produção, se considerando como uma completa filosofia a qual inclui aspectos de gestão de materiais, gestãode qualidade, organização física dos meios produtivos, engenharia de produto, organizaçãodo trabalho e gestão de recursos humanos.O sistema característico do Just in Time de “puxar” a produção a partir da procura, produzindo em cada momento somente os produtos necessários e quantidade necessárias e no momento necessário, ficou conhecido como o método Kanban o nome é dado aos “cartões” utilizadospara autorizar a produção e a movimentação de materiais ao longo processo produtivo.

Como se aplica
Nas organizações de negócio mais dinâmicos, com demandas instáveis e condições de produção de baixa previsiabilidade, a adoção da filosofia JIT também pode gerar grandes benefícios operaionais.Nestes casos , entretanto os melhores resultados globais são registrados quando a empresa incorporatambém sistemas de informação e outras ferramentas gerenciais que assegurem aos gerentes elementos para enfrentar adequadamente as exigências próprias desses ambientes.
A dinâmica de muitas empresas – variações drásticas de demanda, restrições operacionais e tecnológicas que impactam o processo produtivo e políticas de atendimento especiais exige o uso das ferramentas especialistas, tecnicamentecapazes de considerar as varáveis relevantes.
A experiência tem demonstrado que os benefícios se ampliam bastante quando as práticas JIT são suportadas por informações confiáveis disponibilizadas pelos sistemas ERP/MRP, APS (Advanced Planning Systems) e MÊS (Manufacturing Execution Systems).Aqui, incluem-se todas aquelas relacionadas com pedidos, materiais, recursos produtivos, roteiros,...
tracking img