Jupiter

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1179 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Planeta Júpiter

Júpiter é o maior planeta do Sistema Solar e tem 1.300 vezes o tamanho da Terra, mas sua massa é de somente 318 vezes maior.
Além da Grande Mancha Vermelha e seus quatro grandes satélites, o planeta também apresenta anéis.
Júpiter tem composição química muito parecida com a do Sol, composto de 86% hidrogênio e 14% de hélio e só não é uma estrela porque sua massa não ésuficientemente grande para elevar a pressão e a temperatura dos gases e causar a fusão necessária à reação nuclear, similar ao que ocorre no Sol.
O núcleo de Júpiter é muito quente e libera três vezes mais calor do que recebe do Sol.

Atmosfera Jupteriana

A atmosfera apresenta traços de metano, vapor de água, amônia e substâncias sólidas. Quantidades ínfimas de gás carbônico, etano, gássulfídrico, neon, oxigênio e enxofre também já foram detectados.
Outro gigante gasoso, Saturno, tem composição semelhante à de Júpiter, mas Urano e Netuno têm muito menos hidrogênio e hélio.
Júpiter faz parte do conjunto de planetas gasosos ou jovianos e possui uma enorme quantidade de furacões, vistos como manchas. Entre esse furacões se destaca a Grande Mancha vermelha, uma tempestade maior que a Terra eobservada há mais de 300 anos.
Foi através das manchas jupterianas que os astrônomos conseguiram determinar seu período de rotação, de 09h54m.
Sua atmosfera tem padrão conflitante, com nuvens que se deslocam em diferentes direções em diferentes latitudes. Essa interação conflitante de circulação causa tempestades que podem atingir até 600 km/h.
É interessante notar que a rotação da atmosferade Júpiter é 5 minutos mais rápidos na região equatorial que na polar. Esse fenômeno foi notado pela primeira vez em 1690 pelo astrônomo italiano Giovanni Cassini.
A presença de amoníaco e de metano indica a ausência de oxigênio livre, já que o oxigênio normalmente destrói esses elementos.

Superfície de Júpiter

Não se sabe se existe de fato superfície sólida em Júpiter. O que se observa ésomente sua atmosfera.
Nas décadas de 40 e 50 verificou-se que a baixa densidade do planeta e a predominância de hidrogênio e hélio revelam uma composição semelhante à do Sol.
Tomando-se por base as propriedades desses dois elementos, há a hipótese de que o interior do planeta seja líquido nas camadas mais externas e sólidas no núcleo, devido à crescente pressão com a diminuição da altitude, e quechega a dez milhões de atmosferas e uma temperatura de 68 mil Kelvin.
Nestas condições o hidrogênio adquire propriedades metálicas, deixando elétrons livres no meio plasmático, o que produz grandes correntes elétricas que geram o poderoso campo magnético do planeta. As perturbações nesse campo produzem ondas de rádio, fazendo de Júpiter o segundo maior emissor dessas radiações depois do Sol.
Asinformações sobre o interior do planeta são bastante precárias, mas as poucas existentes deram aos cientistas a base para a elaboração de uma teoria sobre a composição do seu interior. 
Essa teoria alega que o núcleo do planeta é formado por rochas e gelo e que correspondem a 4% ou 5% de sua massa total. 
O núcleo seria circundado por uma camada de hidrogênio líquido metálico com espessura demais de 40 mil km, além de uma terceira camada circundando a anterior composta de hidrogênio e hélio líquidos.
A alta temperatura do centro não permite que o hidrogênio se solidifique, por isso a camada de hidrogênio metálico está no estado líquido e esta passa para o estado líquido-molecular quando a pressão cai abaixo de três milhões de atmosferas.

Campo Magnético

Devido à rápida rotação,a camada de hidrogênio metálico movimenta-se, provocando a circulação de correntes elétricas geradas pelos elétrons livres. 
Essas correntes formam um intenso campo magnético, que se propaga por todo o espaço ao redor de Júpiter, atingindo até 100 raios planetários na direção do Sol. No lado oposto, a calda magnética chega a atingir 700 milhões de quilômetros de comprimento. 
Esse intenso...
tracking img