Jovem guarda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3593 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DEFINIÇÃO:

Designação pouco precisa adotada a partir dos anos 1960 para opor-se à velha-guarda, esta a dos antigos frequentadores dos mesmos e determinados locais e seguidores de hábitos comuns. Gênero musical conhecido como iê-iê-iê, marcado pelo ritmo do rock dos anos 60 e por melodias pop românticas que reunia um conjunto dos compositores e cantores desse gênero musical que marcou osanos 60 á 70.

ORIGEM:
Para muitos pesquisadores a “Jovem Guarda”, como movimento musical, completa em 2011 50 anos de história. Mas a febre musical dos jovens rebeldes dos anos 60, começou mesmo em 1965 com o programa que lhe deu o nome e prestígio na TV Record paulista.
O programa foi apresentado pela primeira vez em 22 de agosto daquele ano, pelo cantor e compositor Roberto Carlos, emcompanhia do parceiro e amigo Erasmo Carlos e da cantora Wanderléa. O musical foi criado pela agência de propagandas Magaldi, Maia e Prosperi, a pedido da emissora, que precisava colocar no ar uma programação que substituisse os jogos de futebol, cuja transmissão ao vivo fora proibida.
Os idealizadores do programa aproveitaram então uma frase de Lênin, o revolucionário russo, onde ele dizia que ofuturo pertencia à jovem guarda e colocaram em cena jovens artistas que já se faziam notar há pelo menos dois anos, desde o sucesso de “Splish splash”, uma versão de Erasmo Carlos para composição de B. Darin e J. Murray, gravada por Roberto Carlos.
O programa tornou-se rapidamente um enorme sucesso, atraindo centenas de jovens que todo domingo acorriam às dependências do Teatro Record paraassistir as apresentações do trio fixo, Roberto, Erasmo e Wanderléa, além de convidados como Renato e seus Blue Caps, Wanderley Cardoso, Os Incríveis, Deni e Dino, Martinha, Rosemary, Leno e Lilian e Eduardo Araújo, entre outros.

Fenômeno nacional

Com o sucesso alcançado, o nome do programa acabou virando sinônimo do rock nacional, produzido em meados dos anos 1960, recheado de versões decanções dos Beatles e outros artistas ingleses e norte americanos, com temáticas amorosas, adolescentes e açucaradas, contribuindo para a geração dos primeiros ídolos jovens da música brasileira. Com muita alegria e descontração, transformaram o movimento num dos maiores fenômenos nacionais. Todo um comportamento jovem, daquele período, desde o modo de vestir até as gírias e expressões, foi formatado apartir do programa e seus apresentadores.
Fenômeno midiático que arrastou multidões, também designado como iê-iê-iê, em alusão direta à musica dos Beatles, a Jovem Guarda era vista com restrições por setores da crítica, uma vez que sua música era considerada alienada pelo público engajado, mais afeito, primeiro à bossa nova e, depois, às canções de protesto dos festivais.
“Tudo para o inferno”Entre os grandes sucessos musicais do movimento estão “Quero que vá tudo pro inferno”, “Vem quente que eu estou fervendo” e “Eu te darei o céu”, as três, parcerias de Roberto e Erasmo Carlos, gravadas por Roberto Carlos, “Pare o casamento”, versão de Luís Keller gravada por Wanderléa, “Devolva-me”, de Lilian Knapp e Renato Barros, gravada pela dupla Leno e Lilian, “O bom”, de Carlos Imperial,gravada por Eduardo Araújo, e outras.
O fim do programa, em 1969 acabou decretando também o fim do movimento, levando muitos dos artistas envolvidos no mesmo a buscarem outros rumos, segundo alguns estudiosos, isso ocorreria por processos desencadeados também pela Tropicália, que remixou a música nacional, como foi o caso de Sérgio Reis, que enveredou pela música sertaneja; Martinha, quecontinuou compondo, associando sua tendência romântica ao estilo de vozes em duo que marca o universo sertanejo, sendo gravada por duplas como Chitãozinho e Xororó, e o próprio Roberto Carlos que passou a ser identificado como cantor romântico.

CONTEXTO HISTÓRICO:

CONTEXTO ARTÍSTICO E CULTURAL NACIONAL (1960-1969)

1960 - exposição neoconcreta no Rio de Janeiro.

Lygia Clark inaugura a...
tracking img