John locke e cpte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4345 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
BIOGRAFIA
John Locke (1632-1704) foi um filósofo inglês. Fundador do Empirismo. Teoria que afirmava que o conhecimento era determinado pela experiência, tanto de origem externa, nas sensações, quanto interna, a partir das reflexões. Em sua obra "Dois Tratados sobre o Governo", contestava o Absolutismo e a doutrina do Direito Divino dos Reis.
John Locke (1632-1704) nasceu no dia 29 de agosto,em Wrington no norte da Inglaterra. Filho de um pequeno proprietário de terras. Foi aluno da Universidade de Oxford. Estudou Filosofia, Ciências Naturais e Medicina. Lecionou Filosofia, Retórica e Grego, também na Universidade de Oxford. Estudou as obras de Francis Bacon(1561-1626) e René Descartes (1596-1650). Afirmava Locke que todos os homens ao nascer tinham direito à vida, à liberdade e àpropriedade. Sua teoria foi de encontro ao absolutismo na Inglaterra.
Como filósofo político é considerado o visualizador da democracia liberal, onde a liberdade e a tolerância é o princípio fundamental do direito humano. Sua teoria criticava o direito divino do rei, afirmando que os regimes de governo eram criação humana e que não tinham origem nas questões religiosas.
Como representante doindividualismo liberal, defendeu a monarquia constitucional e representativa, que foi a forma de governo estabelecida na Inglaterra, depois da Revolução de 1688. Contribuiu para o desenvolvimento teórico do Liberalismo e do Contratualismo, junto àseu conterrâneo Thomas Hobbes (1588-1679) e o francês Jean-Jacques Rousseau (1712-1778).
Locke exerceu grande influência sobre vários filósofos de sua época,entre eles, George Berkeley e David Hume. Seu discípulo Francês, EtienneCondilac, usou sua Teoria Empírica para criticar a Metafísica, no século seguinte.
Passou vários anos na França e na Holanda e só voltou à Inglaterra quando Guilherme de Orange é coroado rei.
Principais Obras:
* Cartas sobre a Tolerância (1689);
* Dois Tratados sobre o Governo (1689);
* Ensaio acerca doEntendimento Humano (1690);
* Pensamentos sobre a Educação (1693).
O filosofo, em 1704, faleceu aos 28 dias de outubro sem deixar esposa ou filhos, no condado de Essex – Inglaterra.

CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICA (1632-1704)
O período e o país em que Locke nasceu foram marcados por conflitos políticos,religiosos e sociais intensos e incessantes, tendo como palco duas marcantes tormentas, quealmejavam sacudir as bases monárquicas absolutistas inglesas, consequência da crise verificada no Antigo Regime: a Revolução Puritana e a Revolução Gloriosa. Ambas fazem parte do mesmo processo revolucionário e serviram de impulso para o desenvolvimento do capitalismo e da Revolução Industrial.
Os principais expoentes da dinastia Tudor foram Henrique XVII, fundador do anglicanismo, e ElizabethI; essa dinastia se empenhou na unificação do país, domínio da nobreza, afastamento em relação ao Papa, confisco dos bens da Igreja, e a disputa por colônias com os espanhóis. Nesse período, deu-se também a formação de monopólios comerciais, a exemplo da Cia das Índias Orientais; como bem sabemos, monopólios vão contra a noção de livre mercado, o que suscitou a divisão de interesses da burguesia.Com a valorização dos produtos agrícolas e seu consequente aumento de preço, as terras tornaram-se mais caras e isso incentivou os grandes proprietários de terras a aumentarem suas propriedades, por meio da privatização de terras coletivas. Com isso, camponeses foram expulsos de suas terras e ovelhas passaram a ser criadas nesses espaços, com vistas à produção de lã.
A Dinastia Stuart teveinício após a morte de Elizabeth I, em 1603. De Jaime I, rei da Escócia e que defendia uma monarquia absolutista, a Carlos I, seu filho, houve uma série de atritos entre a monarquia e o parlamento, que resultaram em sucessivos fechamentos e aberturas deste. Esses atritos culminaram com a Revolução Puritana, do lado real e apoiados pelos senhores feudais, estavam os cavaleiros; e do lado do exército...
tracking img