Jogos para empresas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 37 (9149 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Jogos cooperativos - diversos jogos O aument o da c onsc ient izaç ão da nec essidade de inc ent iv ar e desenv olv er o espírit o de c ooperaç ão, de partic ipaç ão numa c omunidade, vem transformando profundamente o estilo de se trabalhar em grupo. A própria c apac idade c ooperat iv a é um quesit o v alorizado na hora de c onseguir emprego, porque as pessoas est ão desc obrindo que não dá parair muito longe sozinhas. Antigamente, as grandes invenç ões eram atribuídas a uma pessoa. Foi assim c om o telefone, c om a lâmpada. Hoje, são as equipes que trabalham em c onjunto, e unir- se de maneira efic iente tornou- se muitíssimo importante. Há muit o que os jogos est ão present es nas at iv idades educ ac ionais, mas a maioria dos jogos t radic ionais no Oc idente são c ompetitivos. O conc eito de jogos c ooperativos tem c omo elementos primordiais a c ooperaç ão, a ac eitaç ão, o envolvimento e a div ersão. Nos jogos c ooperativos o c onfronto é eliminado e joga- se uns COM os outros, ao invés de uns CONT RA outros. A c omunic aç ão e a c riatividade são estimuladas. Nos jogos c ooperativos existe c ooperaç ão, que signific a agir em c onjunto para superar um desafio ou alc ançar uma meta, enquanto que nos jogos c ompetitivos c ada pessoa ou time tenta atingir um objetivo melhor do que o outro. Ex.: marc ar gols, c umprir um perc urso em menor tempo, etc . O quadro abaixo nos dá uma idéia das princ ipais c arac terístic as dos dois tipos de jogos. JOGOS COOPERATIVOS V isão de que "t em para t odos" Objetivos c omuns Ganhar COM o outro Jogar COM Confianç a mútua Desc ontraç ão S olidariedade A vitória é c ompartilhada JOGOS COMPETITIVOS Visão de que "só tem para um" Objetivos exc lusivos Ganhar DO outro Jogar CONT RA Desc onf ianç a, suspeit a T ensão Rivalidade A vitória é somente para alguns

As atividades que privilegiam os aspec tos c ooperativos são importantes por c ontribuírem para o desenvolvimento do sent ido de pert enc er a um grupo, para a f ormação de pessoas c onsc ient es de sua responsabilidade soc ial, pois trabalham respeito, fraternidade e solidariedade de forma lúdic a e altamente c ompensatória, levando a perc eber a interdependênc ia entre todas as c riaturas. Nelas, ninguém perde, ninguém é isolado ou rejeitado porque falhou. Quando há c ooperaç ão t odos ganham, baseados num sist ema de ajuda mút ua. Os jogos c ooperat iv osrequerem o desenv olv iment o de est rat égias onde a c ooperaç ão é nec essária para que um det erminado objet iv o seja at ingido, superando as c ondiç ões ou regras est abelec idas. Em lugar da c ompet iç ão pessoal, é estimulado o desenvolvimento da ajuda mútua e do trabalhar c om os outros para um objetivo c omum. Como ninguém é desc lassific ado, todos os partic ipantes podem retirar totalsatisfaç ão do jogo, porque ninguém c orre o risc o de se sentir inferiorizado perante o grupo. A satisfaç ão pessoal advém não do fato de ganhar dos outros mas do melhorar progressivo das suas c apac idades individuais, que são usadas para atingir um objetivo grupal. Através de jogos c ooperativos torna- se mais fác il c riar um bom espírito de grupo, de elementos ligados por laç os solidários eafetivos. A nt es de c omeç ar uma sessão de jogos c ooperat iv os c onv ém que as pessoas se c onheç am mut uament e para c riar um ambiente mais familiar. Os jogos de apresentaç ão podem c onstituir um bom instrumento para c riar esse ambiente favorável. No f inal dos jogos c ooperat iv os dev e hav er um espaç o para t odos dialogarem sobre a experiênc ia, f azendo o c onf ront o ent re est ratégias c ompet it iv as e c ooperat iv as. O que se ganha e o que se perde em c ada uma delas? AUTÓGRAFOS Cada educ ando rec ebe uma folha de papel em que deverá, ao sinal de c omando do educ ador, c onseguir o maior número de autógrafos de seus c olegas, no tempo de 1 (um) minuto. Não vale autógrafo repetido. Após esse minuto, o educ ador solic ita que os educ andos identifiquem os fatores que...
tracking img